if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Passei por seis ortopedistas, minha dor só piorava e não recebia diagnóstico nenhum

Tudo começou com uma dor forte no pé esquerdo (mais precisamente no calcanhar), que foi aumentando a cada dia. Passei por seis ortopedistas e cada vez piorava mais a dor, a cada consulta eram novos  remédios, até palmilhas eu usei, e não recebia diagnóstico nenhum. O último ortopedista que eu visitei imobilizou meu pé e mandou que eu fizesse repouso de 15 dias e me passou uma nova receita. Retornei ao trabalho e depois de 4 dias tive uma crise de dor forte, fui levada na emergência do meu convênio, só então que a médica de plantão me encaminhou para uma reumatologista que hoje é um anjo na minha vida.

Fiz exames de sangue, incluindo fator reumatoide em novembro de 2010 e recebi o diagnóstico. Meu mundo caiu, chorei muito, entrei em depressão porque não reagia a nenhuma medicação. Enfim depois de todas as medicações possíveis, hoje eu tomo metotrexato 8 comprimidos por semana, reuquinol 600mg por dia, cálcio D, ácido fólico, omeprazol e estou no 4º biológico (rituximabe, a cada seis meses). Hoje tenho uma sequela grande no pé direito, dificuldade de locomoção e ainda sinto dores, mas tento vencer a AR a cada manhã com a graça de Deus!

Me chamo  Vera Lúcia Ferreira da Silva, tenho 51 anos, convivo com a artrite reumatoide há 6 anos, trabalho como auxiliar administrativo e moro na cidade de Pelotas – RS.

Se você gostou deste depoimento, participe enviando sua história através do formulário online >

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Anúncios

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: