Tenista dinarmaqueza surpreende e revela que tem artrite reumatoide

Caroline Wozniacki, número três mundial, surpreendeu esta
quinta-feira ao revelar que lhe foi diagnosticada uma doença auto-imune durante o US Open. A dinamarquesa de 28 anos sofre de artrite reumatóide, uma doença de longa duração que provoca dores nas articulações de todo o corpo e que, naturalmente, tem consequências complicadas para desportistas profissionais.

“Ao início foi um grande choque. Pensava que era a atleta mais em forma do Mundo e depois percebi que afinal não era assim. Há que ser positiva e procurar formas de me sentir melhor”, afirmou a dinamarquesa, que foi eliminada na fase de grupos das WTA Finals, onde defendia o título, ao terminar no terceiro posto do Grupo Branco.

A nórdica diz-se orgulhosa por ter terminado a época da forma que terminou, com um título no WTA Premier Mandatory de Pequim há duas semanas. “Consultei médicos, iniciei tratamentos e foi muito complicado. Comecei a sentir dores depois do Australian Open e em Wimbledon tornou-se insuportável. Há dias em que não consigo sair da cama e outros em que até parece que não tenho qualquer doença. Tenho de aprender a lidar…”

Wozniacki explicou porque só contou agora. “Não queria dar vantagens às minhas adversárias. Estou contente pelo facto desta época ter terminado e feliz pela forma como ganhei em Pequim. Significou bastante para mim”.

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));