Quais as diferenças entre antialérgico e hipoalergênico?

Usar produtos hipoalergênicos é um dos caminhos mais fáceis para reduzir o aparecimento de alergias, mas podem ser complementados com algumas boas ações preventivas, como fazer consultas frequentes ao médico, evitar a automedicação e testar produtos cosméticos na pele antes de fazer o uso — especialmente no caso de maquiagens, tinturas de cabelo e outros produtos químicos que entram em contato direto com a pele.

O que são os antialérgicos?

Os antialérgicos são os responsáveis por combater alergias já estabelecidas, por isso, são considerados medicamentos e devem ser indicados por um médico. Sua principal função é combater os sintomas, gerando uma redução ou até mesmo a eliminação total do problema.

Quem sofre de alergia crônica ou quadros como asma e rinite ganha muito mais qualidade de vida ao fazer o uso dessas substâncias, pois conseguem reverter o quadro rapidamente. Os medicamentos antialérgicos também são chamados de anti-histamínicos e recebem esse nome por bloquear a ação da histamina.

Assim, esses pacientes ficam livres de coceiras, coriza e até mesmo do perigoso choque anafilático que pode ocorrer em casos graves de alergias. No entanto, todos os casos devem ser avaliados por um profissional, pois se a alergia estiver inflamada, por exemplo, pode ser necessária a administração de medicamentos anti-inflamatórios para acabar de uma vez por toda com o processo alérgico.

Hipoalergênicos: saiba mais

Como o número de pessoas que sofrem com quadros de alergia é muito grande, a indústria farmacêutica está sempre buscando formas de aumentar o conforto desses pacientes. Em alguns casos, as alergias são frequentes e estão associadas ao contato direto com algumas substâncias específicas.

No caso das alergias alimentares, por exemplo, os pães sem glúten e leites sem lactose são bons exemplos de alimentos hipoalergênicos. A ideia por trás desses produtos é que seja retirada a maior quantidade de substâncias que possam causar alergias, deixando-o seguro para a maior parte da população — na produção desses itens são utilizados princípios ativos de qualidade diferenciada.

Esmaltes, cremes, injeções e até mesmo comprimidos são produzidos com essa finalidade — todavia, não é possível ter 100% de certeza que o produto não causará alergias, já que cada organismo se comporta de um jeito diferente.

Como prevenir alergias

 

Não existe nada pior do que se arrastar de farmácia em farmácia procurando um medicamento durante uma crise de alergia, não é mesmo? Por isso, seja para comprar um antialérgico ou medicamentos com ação hipoalergênica, faça o download do Qual Farmácia e ganhe mais tempo para cuidar da sua saúde.

Tem ainda alguma dúvida sobre antialérgico e hipoalergênico? Compartilhe com a gente nos comentários! Aproveite e conheça o blog do Qual Farmácia.( blog.qualfarmacia.com.br)

O jeito de ir a farmácia mudou
Colunista
Parceiro editorial do Blog Artrite Reumatoide, o Qual Farmácia é um App que foi criado para facilitar as suas compras na hora de ir às farmácias, porém, mais do que isso, nós nos preocupamos com a sua saúde e com o seu bem estar. Queremos te ajudar a levar uma vida com mais qualidade. Acreditamos que quando dividimos conhecimento e informações, multiplicamos a força, a vontade de vencer, e assim ser mais feliz.
×
O jeito de ir a farmácia mudou
Parceiro editorial do Blog Artrite Reumatoide, o Qual Farmácia é um App que foi criado para facilitar as suas compras na hora de ir às farmácias, porém, mais do que isso, nós nos preocupamos com a sua saúde e com o seu bem estar. Queremos te ajudar a levar uma vida com mais qualidade. Acreditamos que quando dividimos conhecimento e informações, multiplicamos a força, a vontade de vencer, e assim ser mais feliz.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!