Peço a Deus tempo para cuidar das minhas filhas e deixa-las independentes

Tudo começou no ano de 2009, minha filha caçula tinha apenas alguns dias de vida e certo dia, à noite, quase madrugada, acordei com uma dor fortíssima no ombro direito, nunca senti dor tão forte. Na época ainda era casada, resolvi deixar as crianças (tenho duas filhas, a mais velha na ocasião tinha oito anos) com o pai e buscar socorro, porém não conseguia dirigir. Solicitei um táxi e fui para o hospital. Consegui atendimento no segundo hospital, porque fui em busca de ortopedista, achava que de alguma forma tinha fraturado o ombro.

Passei a madrugada no hospital tomando vários medicamentos na veia, nada cessava por completo a dor. A partir daquele dia começou minha luta, médicos e mais médicos com vários diagnósticos errados. Após descobrir a AR passei por vários tratamentos até encontrar a médica que trata minha sobrinha. Essa mulher, Dra. Cristina, me colocou de pé, me fez saudável e me fez acreditar que teria uma vida leve, porém, devido a problemas financeiros interrompi o tratamento e hoje me encontro em plena crise. Quando vou caminhar tenho a sensação de que facas estão sendo enfiadas em meus pés, alguém jã sentiu isto?, minhas mãos doem, incham, estão estranhas, parecem estar com cor diferente, joelhos e ombro doem muito, peço a Deus tempo para cuidar das minhas filhas e deixa-las independentes.

Me chamo Patricia Teodoro, convivo com a artrite reumatoide há 7 anos, sou policial civil, moro em Belo Horizonte – MG.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua históriae entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Social Media
Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

2 Comentários

  1. infelizmente é a nossa realidade! mas temos q continuar lutando sim até encontrar um bom resultado, embora sabemos q cura não existe. Triste tbm é saber de profissionais q relutam em entender nossa dor a dor da AR, o leigo ainda passa mas o médico! Mas vamos continuar lutando e vencendo aos poucos. bjsss

Olá, deixe um comentário!