Meu joelho estala – o que pode ser?

O que é o estalo do joelho?

Tecnicamente falando, o estalido no joelho se deve a uma crepitação (ruído) provocada pelo atrito da patela (antigamente conhecida como rótula) contra outros ossos da articulação do joelho. Na observação, o estalo corresponde a um som característico, ouvido pelo próprio paciente e pelas pessoas próximas e sentido como um encaixe de uma engrenagem defeituosa.

Quais são as causas do estalo do joelho?

O estalido no joelho pode não ser nada sério, mas também pode denunciar uma situação médica importante. Por isso, é preciso que um médico especialista em ortopedia investigue a situação dos ossos, tendões e ligamentos envolvidos nessa articulação. O joelho é a articulação do corpo que suporta a maior carga, seja pelo peso normal do corpo (imagine se o indivíduo é obeso!), seja quando o indivíduo tem que carregar muito peso.

Por isso, problemas nos joelhos são comuns e só conseguem melhorar se o indivíduo deixar de ser obeso ou parar de carregar peso. Com o passar do tempo, a sobrecarga sofrida agrava a situação daarticulação e quase certamente surgirão doenças articulares mais graves.

O estalo do joelho pode ter sua causa também em doenças reumáticas e degenerativas, como aartrose, ou ser devido a uma pancada forte que cause inflamação. Além disso, com a idade, acartilagem que se encontra na superfície da articulação pode sofrer um processo de desgaste e causar uma doença conhecida como condromalácia patelar. Outras causas podem ser a presença de um pedaço de cartilagem solto na articulação (geralmente um pedaço do menisco) e outras alterações na cartilagem.

Qual é o mecanismo fisiológico do estalo do joelho?

Uma das causas mais comuns dos estalos nos joelhos é a perda da cartilagem que envolve a patela. A função desse revestimento é permitir o deslizamento da patela no fêmur durante o movimento de flexão e extensão do joelho. Com o aparecimento de lesões na cartilagem, os ossos se atritam uns contra os outros.

A condromalácia patelar atinge em média 15 a 33% da população adulta e 21 a 45% dos adolescentes. No entanto, o tecido cartilaginoso é desprovido de terminações nervosas e a dor que acompanha os estalidos no joelho normalmente é causada pela sobrecarga ou lesão do ossosubcondral. Isso pode acontecer sempre que os joelhos sejam submetidos a uma carga superior à que deveriam aguentar.

Na artrose, há um desgaste da articulação, que pode acontecer devido a uma pancada, traumatismoou idade avançada. Um desalinhamento do corpo, mesmo que microscopicamente, também pode deixar os joelhos estalando, por um mecanismo de compensação.

Quais são as principais características clínicas do joelho que estala?

O estalo no joelho pode ser indicativo de algo simples ou de algo que inspire cuidados. É uma condição comum em atletas, mas também pode surgir nas pessoas em geral. Na maioria das vezes, não é indicativo de problemas graves, mas é necessário observar o surgimento de outros sintomas que podem indicar problemas mais sérios.

Na maioria das vezes, os estalos acontecem quando o indivíduo flexiona os joelhos: agacha, sobe escadas, corre ou simplesmente caminha. Se o joelho estala em virtude de uma condição mais grave, o paciente pode sentir dor ao flexionar os joelhos, edema leve na região e travamento do movimento.

Alguns sinais de gravidade são dor intensa ao apoiar o pé no chão, grande inchaço, dor intensa ao flexionar ou estender os joelhos, surgimento de deformidades nos membros inferiores, como fraturas, por exemplo, diminuição ou perda de sensibilidade na perna, sinais de inflamação ou infecção(vermelhidão, calor e sensibilidade ao toque).

Como o médico diagnostica a causa dos estalos no joelho?

Para diagnosticar as causas dos estalidos nos joelhos, o médico pode valer-se de manobras semióticas ortopédicas durante o exame físico e de exames de imagens como radiografia,ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética e, eventualmente, artroscopia. Em casos de infecções, o exame de sangue e a cultura do líquido sinovial podem ajudar a determinar o agente patógeno.

Como tratar o joelho que estala?

Se você sofreu uma queda, bateu os joelhos, sofreu uma entorse ou travou os joelhos, deve mantê-los em repouso, evitando qualquer movimento que cause dor. É importante que você deixe de pegar peso e aplique gelo para controlar o inchaço. Além disso, o gelo funciona como anti-inflamatório e é um analgésico natural. Após a aplicação do gelo, use uma joelheira ou uma faixa de compressão e mantenha os joelhos elevados para reduzir o inchaço. Caso os sintomas não melhorem, procure um médico que provavelmente vai receitar-lhe analgésicos e anti-inflamatórios orais.

Quais são as complicações possíveis do joelho que estala?

Embora seja aparentemente comum, o estalar dos joelhos pode ser indicativo de complicações na área dessa articulação. Por isso, o médico deve sempre ser consultado.

Autor: abc.med.br
Fonte: O Nortão

Social Media

Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×

Social media manager, digital influencer, blogueira, youtuber e redatora, ativista em saúde motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide há 7 anos, patient advocacy, mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!