Leflunomida Genérico

A Assistência Farmacêutica passa a receber a versão genérica do medicamento Leflunomida, os estados de MG – RJ e PR, em breve irão dispensar o Leflunomida Genérico em vez de Leflunomida (ARAVA).

Os pacientes de Artrite Reumatoide e os médicos prescritores de Leflunomida, não foram notificados dessa mudança, e não tem conhecimento que será dispensado Leflunomida Genérico em vez de Leflunomida original (ARAVA).

Sabemos que o Ministério da Saúde, busca diminuir os custos para quem sabe aumentar o acesso, mas vivemos em uma democracia e temos o direito à transparência pública, temos direito de saber o que vamos receber ao chegar na farmácia de alto custo.

Agora nos resta ficar de olho na Farmacovigilância deste novo Leflunomida.

A Farmacovigilância é o controle das reações adversas (efeitos colaterais) dos medicamentos após a comercialização do mesmo, para ser registrado o medicamento genérico tem que provar ter a mesma eficácia e segurança. Porém, após a comercialização em larga escala que é possível acompanhar os efeitos adversos não esperado e esperados que estão descritos em bula. As reações adversas devem ser comunicadas à ANVISA através de um formulário próprio disponível online chamado NOTIVISA.

Tentamos entrar em contato com o fabricante do Leflunomida genérico, mas não fomos atendidos em nossos questionamento de pacientes usuários de Leflunomida.

O Ministério da Saúde justifica dizendo que o produtor do Leflunomida genérico é um bom laboratório, mas o que questionamos é porque não nos contar que vamos receber genérico em vez de original? aliás, temos direito de saber o que vamos tomar!

Fica a pergunta, “E quando forem os Biossimilares, será desse jeito que o Ministério da Saúde vai incorporar e distribuir?” #Medo!

Anúncios

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de Artrite Reumatoide aos 26 anos, enquanto atuava como enfermeira, estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros. De repente a dor passou a ser minha companheira. Troquei o cuidar assistencial pelo cuidar informacional e escrevi o Blog Artrite Reumatoide, para compartilhar a minha dor, aprendi então, que Dor Compartilhada é Dor Diminuída. Hoje sou “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde e uma eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Se você gostou dessa publicação, nos incentive a continuar, deixe seu comentário!