Faltam 30 remédios no Centro de Especialidades Médicas de Mogi Mirim

Trinta (30) medicamentos da Farmácia de Alto Custo estarão em falta neste mês em Mogi Mirim. O Estado de São Paulo, através da Secretaria Estadual de Saúde, responsável por adquirir e distribuir os medicamentos para as cidades paulistas, não entregou ao município diversas medicações neste mês. Pacientes que utilizam estes medicamentos deverão ficar desabastecidos por conta do atraso na entrega pelo Estado, podendo a situação voltar ao normal no próximo mês, caso o órgão volte a entregar as medicações.

A retirada dos medicamentos na Diretoria Regional de Saúde (DRS-14), em São João da Boa Vista, pelos profissionais da Secretaria de Saúde de Mogi Mirim aconteceu no último dia 27 de outubro. Na ocasião, foi informado que os medicamentos estavam em falta e por isso não foram entregues ao município, que é o responsável por repassar as medicações aos pacientes cadastrados nos protocolos estaduais da Farmácia do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica, conhecida como Alto Custo .

Na relação constam alguns medicamentos que estão disponíveis no estoque da Secretaria de Saúde, devido a um saldo remanescente. No entanto, medicamentos como tiotrópio e seretide (salmeterol + fluticasona), destinados ao tratamento de doença pulmonar obstrutiva crônica, estão em falta no município. A orientação é que o paciente procure o seu médico, para verificar se há algum outro medicamento capaz de substituir os que estarão em falta neste mês.

A Farmácia de Alto Custo funciona no Centro de Especialidades Médicas (CEM), localizado à Avenida Adib Chaib, 1001 – Vila São José, atendendo das 8h às 11h e das 13h às 15h. Críticas podem ser feitas através da Ouvidoria de Saúde, pelo telefone 3806-4730 ou pelo e-mail ouvidoria.sus@mogimirim.sp.gov.br. As demandas serão repassadas ao Estado, responsável pela entrega dos medicamentos.

Medicamentos em falta
Acetato de Leuprorrelina 3,75 – amp
Alfainterferona 3.000.000UI – amp
Amantadina 100mg – comp
Aripiprazol 30mg – comp
Atorvastatina 80mg – comp
Budesonida 400mcg – frs
Bromocriptina 2,5mg – comp
Ciprofibrato 100mg – comp
Ciproterona 50mg – comp
Clobazam 10mg – comp
Galantamina 8mg – caps
Hidroxicloroquina 400mg – comp
Imunoglobulina anto-D – amp
Lamotrigina 50mg – comp
Lamotrigina 100mg – comp
Mesalazina 400mg – comp
Mesalazina 800mg – comp
Metotrexato 25mg/ml – frs
Neocate – lata
Pramipexol 0,25mg
Pravastatina 20mg – comp
Quetiapina 25mg – comp
Risperidona 2mg – comp
Sacarato Hidrox.Ferro – amp
Salmeterol + Fluticasona 50/250mcg
Selegilina 5mg – comp
Sulfassalazina 500mg – comp
Tiotrópio 2,5mg – frs
Topiramato 100mg – comp
Vigabatrina 500mg – comp

Fonte:O Popular Digital

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!