Doença de Crohn – O que é, Causas, Sintomas e Tratamento

 A Doença de Crohn é um processo inflamatório crônico envolvendo principalmente o trato intestinal e pode ocorrer em qualquer lugar do trato gastrointestinal – da boca ao reto. Ela geralmente afeta o reto, o cólon e as partes inferiores do intestino delgado (o íleo terminal). Em casos muito raros, o estômago, o esôfago ou a boca também podem estar envolvidos.

Dependendo da região afetada, a Doença de Crohn pode ser chamada de ileite, enterite regional ou colite. Para reduzir a confusão, o termo Doença de Crohn pode ser usado, para identificar a doença, qualquer que seja a região do corpo afetada (íleo, cólon, reto, ânus, estômago, duodeno).

A Doença de Crohn se manifesta igualmente em homens e mulheres e, em parentes próximos. A incidência é maior entre os 20 e os 40 anos e mais alta nos fumantes. Doença de Crohn é um fator de risco para o câncer de intestino.

Sintomas da Doença de Crohn: 

Sangue nas Fezes: Você pode notar sangue vermelho brilhante no vaso sanitário ou sangue mais escuro misturado com suas fezes. Você também pode ter sangramento que você não vê (sangue oculto).

Sintomas Oculares: Os olhos podem ficar inflamados – vermelhos, feridos e sensíveis à luz. Esses Sintomas da Doença de Crohn aparecem normalmente antes de um agravamento da enfermidade, e desaparecem quando os sintomas intestinais são tratados.

Febre e Fadiga: Muitas pessoas com Doença de Crohn experimentam uma febre de baixo grau, provavelmente devido a inflamação ou infecção. Você também pode se sentir cansado ou com baixa energia.

Aftas: Outro Sintoma da Doença de Crohn é que você pode ter úlceras em sua boca semelhante a feridas de câncer.

Doença Perianal: Você pode ter dor ou drenagem perto ou ao redor do ânus devido à inflamação de um túnel na pele (fístula).

Sintomas de Pele: As pessoas podem desenvolver erupções cutâneas ou doenças fúngicas dolorosas e avermelhadas nas pernas. O tratamento dos sintomas intestinais, em geral, melhora os sintomas da pele.

Redução do Apetite e Perda de Peso: Dor abdominal e Cólicas e a reação inflamatória na parede do intestino pode afetar tanto o apetite como a sua capacidade de digerir e absorver alimentos.

Diarreia: A Diarreia é um problema comum para pessoas com Doença de Crohn. Cólicas intestinais intensificados também podem contribuir para fezes soltas.

Dor Abdominal e Cólicas: Inflamação e ulceração podem afetar o movimento normal de conteúdo através do seu aparelho digestivo e pode levar a dor e Cólicas. Você pode experimentar qualquer coisa, desde leve desconforto até dor intensa, incluindo náuseas e vômitos.

Outros Sinais e Sintomas da Doença de Crohn: Pessoas com Doença de Crohn grave também podem experimentar:

  • Inflamação do fígado ou dos canais biliares;
  • Inflamação da pele, olhos e articulações;
  • Crescimento retardado ou desenvolvimento sexual, em crianças.

Causas da Doença de Crohn: A causa exata da Doença de Crohn permanece desconhecida. Anteriormente, dieta e estresse foram suspeitos, mas agora os médicos sabem que esses fatores podem agravar, mas não causam a Doença de Crohn. Uma série de fatores, tais como hereditariedade e um sistema imunológico com defeito, provavelmente desempenham um papel no seu desenvolvimento.

Hereditariedade: A Doença de Crohn é mais comum em pessoas que têm membros da família com a doença, para que os genes possam desempenhar um papel em tornar as pessoas mais suscetíveis. No entanto, a maioria das pessoas com Doença de Crohn não tem história familiar da doença.

Sistema Imunológico: É possível que um vírus ou uma bactéria possam desencadear a Doença de Crohn. Quando seu sistema imunológico tenta lutar contra o microorganismo invasor, uma resposta imune anormal faz com que o sistema imunológico ataque as células do aparelho digestivo, também.

Tratamento da Doença de Crohn: Esta doença não tem cura, e por isso o seu tratamento serve apenas para aliviar os sintomas. Esta é uma doença silenciosa que pode levar meses ou anos até manifestar os primeiros sintomas, o que a torna difícil de detectar e de diagnosticar.

O tratamento para a Doença de Crohn deve ser feito em etapas. Existe um sistema de mensuração da atividade da doença baseado no número de evacuações, dor abdominal, indisposição geral, ocorrência de fístulas e de manifestações patológicas à distância, que permite classificar a doença em leve, moderada ou grave.

Se a Doença de Crohn é leve, o clínico acompanha a evolução do paciente indicando um tratamento bem mais leve do que o arsenal usado nos casos mais avançados. Às vezes, nenhuma medicação é necessária, mas isso varia caso a caso.

Pessoas que já são portadoras da Doença de Crohn devem evitar comidas que causem mal estar. Alimentos gordurosos e outros ricos em fibras precisam ser cortados da dieta. Situações de estresse também necessitam ser controladas.

O infliximabe serve para tratamento da Doença de Crohn moderada ou grave que está ativa e não responde a outros medicamentos, com o intuito de: reduzir os sinais e sintomas de sua doença; induzir e manter a remissão (estágio sem sintomas) de sua doença; induzir a cicatrização do tecido intestinal; melhorar sua qualidade de vida, ajudando-o a se sentir melhor; e reduzir o número de drenagens de fístulas (abertura anormal através da pele a partir do intestino).

Fonte: http://www.saudedica.com.br/doenca-de-crohn-o-que-e-causas-sintomas-e-tratamento/

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!