Chikungunya provoca febre e muitas dores nas articulações

Com o verão se aproximando, as atenções começam a se voltar para o Aedes aegypti, conhecido como o mosquito da dengue. Entretanto, ele também transmite outras doenças, como a chikungunya e Zika.

Com o verão se aproximando, as atenções começam a se voltar para o Aedes aegypti, conhecido como o mosquito da dengue. Entretanto, ele também transmite outras doenças, como a chikungunya e Zika. Só de chikungunya são quase 200 mil casos prováveis.

A prevenção é o remédio e a caça ao mosquito não pode parar. Para falar sobre o tema, o Bem Estar convidou para o programa desta quinta-feira (9) o infectologista Antonio Bandeira e a reumatologista Claudia Marques.

A febre chikungunya provocou 123 mortes no Brasil em 2017, 18 a mais que a dengue. A doença provoca febre, dores nas articulações e pode causar até um novo tipo de reumatismo. Existem quadros sem dor, dor leve, moderada e grave. Em 50% dos casos, elas se tornam crônicas.

Esse novo tipo de reumatismo é semelhante à artrite, cuja causa é a inflamação nas articulações e a infecção dos nervos, que leva à sensação de dormência. Além disso, ocorre inchaço porque o vírus também invade o sistema linfático.

Os mais acometidos pelos quadros crônicos e dolorosos são mulheres com doença aguda por mais de dez dias ou com mais de três semanas de dores articulares, pessoas que já tenham problemas articulares e diabetes.

É muito importante usar repelentes em áreas com risco de chikungunya. Isso impede que o ciclo de transmissão da doença continue.

Jornalista

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

×
Jornalista Grupar EncontrAR

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!