Artrite ou Tendinite: como diferenciar?

Vamos começar pelas semelhanças!

A artrite e a tendinite são doenças que podem ser confundidas, uma vez que ambas causam inchaço e dores que podem ser agravadas pelo movimento excessivo e inadequado e podem atingir as mesmas regiões do corpo. Além disso, ambas estão relacionadas à inflamação da área, podendo causar calor, rigidez e perda de mobilidade.

A tendinite é a inflamação do tendão. Como uma corda, o tendão é a estrutura fibrosa responsável por unir o músculo ao osso. A doença pode ser aguda, com duração de até 45 dias, ou, se não tratada, evoluir para um problema crônico, sendo comum em regiões como ombros, cotovelos, punhos, joelhos e tornozelos.

Enquanto isso…

A artrite é a inflamação nos tecidos que formam a articulação, as famosas “juntas” entre dois ossos. Existem mais de 100 tipos de artrite e suas causas são diversas, entre elas doenças autoimunes, traumas ou desgaste geral das articulações, infecção, geralmente por bactéria ou vírus, ou uma acumulação de ácido úrico.

Porém, existem diversas diferenças entre as duas!

Tendinite é uma lesão com características mais agudas e pode ser curada em cerca de dias, enquanto a artrite é uma doença que caminha para a cronicidade e pode permanecer ao longo da vida, mas que também pode ser curada se diagnosticada precocemente.

A dor provocada também é diferente, ou seja, enquanto a tendinite causa uma dor que abrange toda a região afetada, a dor da artrite costuma ser localizada pontualmente na articulação.

Sintomas de tendinite

  • Dor na região, inclusive na musculatura;
  • Sensação de peso;
  • Calor na região;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão;
  • Diminuição da força.

Sintomas de artrite

  • Dores na articulação, intensificadas quando a articulação em questão é usada em um movimento;
  • Inchaço articular;
  • Leve aumento na temperatura da articulação;
  • Dificuldade no movimento da articulação.

Com base na análise dos sintomas, o médico poderá solicitar exames para confirmar o diagnóstico, especialmente se suspeitar de um quadro de artrite. Os exames podem ser de imagem, como como exame de ressonância magnética, raio-X, tomografia computadorizada e ultrassom para identificar as articulações doentes, além da artroscopia, um exame específico para artrite.

O tratamento envolve uma mudança de hábitos e uso de medicamentos segundo prescrição médica.

#DicadoBem para diminuir a dor e evitar o seu retorno

Quando o assunto é articulação ou tendão, alguns cuidados são indispensáveis.

Evitar movimentos repetitivos e excessivos pode ajudar a proteger contra diversos tipos de artrite e tendinite. Além disso, é fundamental fazer o alongamento antes de praticar qualquer tipo de exercício físico.

Separamos algumas dicas para garantir uma recuperação livre de dor:

  • Mantenha repouso pelo período orientado pelo médico. Por exemplo, se a lesão for no ombro, vale o uso de tipoia para garantir imobilização da região;
  • Faça compressas com gelo para diminuir a inflamação;
  • Corrija a postura ao se sentar e andar;
  • Adote melhorias da ergonomia no trabalho;
  • Sempre faça alongamento dos músculos envolvidos, principalmente antes de realizar exercícios;
  • Evite realizar movimentos repetitivos e excessivos.
  • Fortaleça a musculatura por meio de exercícios com acompanhamento profissional;
  • Respeite o aviso da dor.

Fonte: http://blog.consultadobem.com.br/artrite-ou-tendinite/

Jornalista
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
×
Jornalista Grupar EncontrAR
Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.
Anúncios

Comentário

comentários

Olá, deixe um comentário!