Notícias

Você sabe como prevenir a obesidade infantil?

A obesidade infantil vem se tornando motivo de preocupação em todo o mundo e já é considerada uma das doenças crônicas mais prevalentes nos consultórios pediátricos. Ocorre tanto em regiões urbanas como rurais e em países desenvolvidos e em desenvolvimento. De acordo com Wylma Hossaka, pediatra da Beneficência Portuguesa de São Paulo, todo evento que acontece com o indivíduo na vida intrauterina e na lactação pode ter repercussões na vida adulta. Isso é chamado de programação metabólica e é um dos eventos responsáveis pelo desenvolvimento da obesidade infantil.

Durante a gestação é possível checar a predisposição das crianças para a obesidade na vida adulta e as consequências como diabetes e hipertensão. “As condições pré-natais como obesidade materna e/ou ganho de peso materno excessivo na gestação são fatores de risco para diabetes e obesidade. Além disso, bebês pequenos no nascimento, com baixa estatura e ganho de peso excessivo no primeiro ano de vida têm mais chance de se tornarem obesos na vida adulta”, afirma a médica.

E para prevenir a obesidade infantil seguem quatro dicas da especialista da BP:

1  Aleitamento materno: o aleitamento materno protege contra a obesidade e para cada mês que o bebê é amamentado após o sexto mês de vida há um aumento de 4,5% na chance de não ser obeso na vida adulta. Cabe aos pediatras observar os fatores predisponentes, monitorando o ganho ponderal e orientando na alimentação dos pequenos, pois é na primeira infância que se criam as primeiras memórias do paladar. “Essas memórias fazem com que as crianças apreciem mais alimentos que tiveram contato nesse período, levando a hábitos alimentares mais saudáveis”.

2  Prática de exercícios físicos: familiares e escolas devem estimular a socialização com brincadeiras, além de atividades físicas e esportivas para que desde cedo as crianças tomem gosto, levando o hábito para a vida.

3 – Introdução alimentar correta: a introdução alimentar é um dos fatores de sucesso contra a obesidade. É fundamental evitar a oferta precoce de alimentos indevidos para a idade como açúcares antes dos dois anos.

4 – Cuidado constante com a alimentação: oferecer uma alimentação balanceada, rica em legumes e vegetais e não ingerir fast-food, frituras, doces e bebidas calóricas é imprescindível para evitar a obesidade infantil.

Sobre a BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo

A Beneficência Portuguesa de São Paulo agora é BP, um polo de saúde moderno e atualizado que valoriza a vida de todos e de cada um. Composto por 4 hospitais com foco em alta complexidade e que atendem diferentes perfis de clientes e outros 3 serviços que contemplam medicina diagnóstica, atendimento ambulatorial e educação e pesquisa, a BP compreende mais de 220 mil m² construídos, 7.500 colaboradores e 4.500 médicos distribuídos em 8 edifícios e cerca de 50 clínicas nos bairros da Bela Vista, onde são concentrados os serviços privados, e da Penha, onde são oferecidos os serviços para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O polo de saúde é composto pelo Hospital BP, referência em casos de alta complexidade, pronto-socorro geral e corpo clínico especializado para clientes de planos de saúde e particulares; pelo BP Mirante, hospital que oferece um corpo clínico renomado, pronto atendimento privativo, hotelaria personalizada e cuidado intimista para clientes particulares e de planos de saúde premium; pelo BP Essencial, hospital que tem foco na qualidade assistencial e oferece acomodações compartilhadas para clientes de planos de saúde básicos e particulares; pelo BP Hospital Filantrópico, que oferece cuidado humanizado e eficaz para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS); pela BP Medicina Diagnóstica, um completo e atualizado centro de diagnósticos e de terapias, que oferece exames laboratoriais, de imagem, métodos gráficos e de todas as outras especialidades diagnósticas; pelo BP Vital, um conjunto de iniciativas da BP com foco em promoção de saúde por meio do cuidado integral, num um olhar atento e acolhedor da instituição para fora dos seus muros, contribuindo para a melhoria das condições de saúde da população como um todo; e pela BP Educação e Pesquisa, tradicional formadora de profissionais de saúde que capacita profissionais por meio de cursos técnicos e de pós-graduação, residência médica, eventos científicos e é responsável por gerenciar mais de 100 estudos e pesquisas na área da saúde com o intuito de contribuir para a evolução da Medicina no País.

Fonte: Assessoria de imprensa.

Related posts

Reumatologista, explica as mudanças propostas pelo Ministério da Saúde para atualização do protocolo de Artrite Reumatoide e enfatiza a importância da participação social na consulta pública que será encerrada no dia 6 de julho

Priscila Torres

Azambuja promete zerar filas na Saúde em Campo Grande com Caravana da Saúde

Priscila Torres

Pacientes que precisam de Imunoglobulina Humana precisam da nossa ajuda! Assine!

Priscila Torres
Loading...