Depoimentos

Viva um dia de cada vez!

A mais ou menos 10 anos sinto fortes dores nas pernas, desde essa época venho tentando descobrir o porque, indo a médicos, mas sem melhora.

De 2018 pra cá, as dores pioraram, foram para os joelhos, mãos, ombros, dai tive que me licenciar e me readaptar. Foi a primeira vez que tive que me afastar do trabalho, para mim foi muito difícil porque amo minha profissão.

A partir dai foram muitos exames, tratamentos de fisioterapia, acupuntura, remédios, etc. Esse ano descobri a Artrite Reumatoide em consulta com a reumatologista e com os exames de sangue. Um dos remédios me causaram reação alérgica e tive que operar a língua, para retirar uma ferida que o remédio fez.

Hoje faço tratamento e voltei a trabalhar como readaptada, e graças a Deus descobri o #BlogAR, o #Grupar, e o grupo #EncontrAR no facebook que me ajudam a aprender a conviver com a AR. Que assim como eu vocês também possam aprender a conviver com a AR e seguir vivendo um dia de cada vez. Saber conviver com a dor. Amo vocês e vamos superar a AR.

Meu nome é Adriana, sou professora de educação infantil a 15 anos na Prefeitura Municipal de São Paulo e convivo com a artrite a 6 meses e moro em Guarulhos-SP.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!⠀

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#Depoimento

Artigos Relacionados

Precisei ser forte quando a vontade era desistir de tudo

Priscila Torres

Uma pastora com Espondilite Anquilosante

Priscila Torres

Nunca desisto, apenas descanso e continuo

Priscila Torres
Loading...
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));