Depoimentos

Tenham fé, não é fácil, pois muda muito a nossa rotina

Meu nome é Eliane, sou mãe e dona de casa. Tudo começou a 4 anos atrás, sempre me sentia com fraqueza e desânimo. As pessoas que me conhecem sempre falavam que era preguiça, foi até que começou a doer muito meu ombro, não conseguia mexer os braços, só aí procurei um clínico e através de exames foi constatado artrite reumatoide.

Tenham fé, não é fácil, pois muda muito a nossa rotina, mais com o tratamento certo podemos ter uma qualidade de vida melhor.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

Artigos Relacionados

Descobri que tinha uma doença crônica que não tinha cura, somente tratamento.

Priscila Torres

Depois de muita procura, encontrei um médico maravilhoso e estou melhor

Priscila Torres

Mesmo sem diagnostico certo, sinto dores e tenho sequelas

Priscila Torres
Loading...