Depoimentos

Sigam o tratamento correto e mantenham a fé em Deus sempre

Olá, fui diagnosticada com AR há 9 anos. Assim que minha filha nasceu, passou o resguardo vieram as dores insuportáveis que eu não conseguia nem segurar um copo vazio na mão. Foi 1 ano de muita luta até aparecer um anjo (médico do SUS) que disse que estava com alguma doença reumática e logo me encaminharam para a reumatologia da UNIFESP.

Lá fui diagnosticada com AR, não poderia estar num melhor lugar, comecei meu tratamento com metotrexato e corticoide, fiquei bem por uns 3 anos, ai a doença voltou a todo vapor e adicionaram o leflunomida, fiquei bem por mais 2 anos e mudaram a medicação para Humira e Hidroxicloroquina.

No começo deste ano, 2020, trocaram minha medicação novamente pois estava sentindo as dores novamente, tiraram o Hidroxicloroquina e colocaram o Sulfassalazina, tem dias que sinto um pouco de dor mas graças a Deus estou bem, consigo manter a minha vida normal, trabalho, caminhando bastante pois sou Agente de Saúde.

Meu nome é Maiara Natasha, tenho 30 anos, convivo com o diagnóstico de artrite reumatoide há 9 anos, sou Agente Comunitário de Saúde e moro em Francisco Morato-SP.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!❤

#depoimento

Artigos Relacionados

A doença é uma caixinha de surpresas

Priscila Torres

Há 20 anos descobri ter artrite e sempre interrompia o tratamento, hoje aguardo uma prótese

Priscila Torres

A adaptação aos medicamentos foi dificil

Priscila Torres
Loading...