Ser grato e aceitar nossas condições com humilde e não desistir

Olá, meu nome é Josy, no começo era dores nos ombros, passei por médicos clínicos e ortopedistas, isso no final de 2014, iniciamos os medicamentos, analgésicos e fisioterapia, porque o diagnóstico seria tendinite. De nada resolveu e as dores só aumentando nos ombros, foram para os cotovelos, punhos, mãos, joelhos e tornozelos.

Dores constantes sem pausa, sou cabeleireira e na época tive que fazer uma pausa. Parei de trabalhar, poque as dores eram insuportáveis e assim comecei 2015 tratando com meu médico reumatologista, que me deu o diagnóstico: artrite reumatoide.

Confesso que fiquei muito mal e deprimida me senti incapaz, já que não conseguia amarrar meu cabelo, fechar o sutiã, apertar o tubo de pasta, abrir uma garrafa, tudo doía principalmente na parte da manhã. Logo no início do tratamento tive melhoras, voltei a trabalhar e fazer minhas coisas, mas nada é como antes, hoje sou mais lenta, não tenho tantas forças nas mãos, me sinto cansada, desanimada e as vezes  auto estima baixa .

Resultados dos efeitos colaterais dos remédios, já são 4 anos em tratamento. Épocas melhores, dias bons outros ruins. Mas as dores principalmente nos punhos nunca me abandonaram, é a parte mais sensível e dolorida.

Confesso que já abandonei o tratamento e tentei medicina alternativa, como homeopatia e etc. Mas sem resultados. Estou sempre indo no meu médico e já entendi que não posso abandoná-lo.

Nosso lema é um dia de cada de vez e confesso que no dia que não sinto muitas dores é o dia mais feliz. Mas sou grata a Deus por tudo porque sei que tem casos piores, histórias mais dolorosas.

Mais respeito a história e dor de cada um e estou aqui para compartilhar a minha e que Deus nos ajude e não nos desampare. Ser grato e aceitar nossas condições com humilde e não desistir, amanhã será melhor.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));