Notícias

SBR, SBD e Gediib convidam para evento inédito sobre medicamentos biológicos e biossimilares

As Sociedades Brasileiras de Reumatologia (SBR), de Dermatologia (SBD) e GEDIIB – Grupo de Estudos sobre Doenças Inflamatórias Intestinais reúnem, pela primeira vez, especialistas nacionais e internacionais para debater medicamentos biológicos e biossimilares, em Fórum Interdisciplinar

  • Fórum Interdisciplinar de Biossimilares será realizado, pela primeira vez, em Brasília na última semana de julho, com participação de cerca de 600 profissionais de saúde.
  • Os medicamentos biológicos são produzidos a partir de organismos vivos e revolucionaram o tratamento e o curso de algumas das mais complexas autoimunes.
  • Hoje, já estão disponíveis medicamentos biológicos similares (biossimilares) às primeiras terapias dessa categoria.

A Sociedade Brasileira de Reumatologia, em parceria com a Brasileira de Dermatologia e com o GEDIIB, realiza dias 27 e 28 de julho, no Centro de Convenções de Brasília, o Fórum Interdisciplinar de Medicamentos Biossimilares, com o objetivo de apresentar aos especialistas de todo o país os diferentes aspectos sobre o uso de medicamentos biossimilares no tratamento de doenças complexas de caráter autoimune – desde a conceituação ao uso clínico, na prática, de biossimilares bem como cenário regulatório, no Brasil e no mundo – além dos aspectos éticos no emprego clínico dos biossimilares e os desafios na aquisição pelo sistema público desses fármacos – a maioria de alto custo no pais. A partir dos debates, as sociedades médicas devem gerar um documento com as principais questões que envolvem o tema.

Os medicamentos biossimilares são versões “similares” aos medicamentos biológicos originais, que há cerca de 20 anos passaram a fazer parte do arsenal terapêutico para tratamento de doenças autoimune complexas reumatológicas (como Artrite Reumatoide, Lúpus, entre outras), dermatológicas (Psoríase, Hidradenite Supurativa) e inflamatórias intestinais (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa). Os medicamentos biológicos e os biossimilares são produzidos ou derivados de organismos ou células vivas, que são modificados para o tratamento de determinadas doenças. São constituídos por moléculas complexas e desenvolvidos em condições cuidadosamente controladas e monitoradas, exigindo múltiplas etapas para a sua elaboração (e posterior produção), até a obtenção de um produto consistente. Enquanto os medicamentos tradicionais sintetizados quimicamente apresentam uma estrutura molecular “simples”, os medicamentos biológicos têm estrutura molecular bastante complexa: enquanto uma aspirina tem um estrutura com 21 átomos, a insulina (também medicamento biológico) apresenta 787 átomos e um anticorpo monoclonal, mais de 168 milhões de moléculas.

“A complexidade da estrutura dos biológicos utilizados na terapia de doenças complexas tem suscitado o debate e controvérsias sobre os biossimilares. Por isso, nós como sociedades médicas temos o compromisso com profissionais de saúde de abrir espaço para um amplo debate e proporcionar o compartilhamento de informações e experiências nacionais e internacionais”, afirma Dr. José Tupinambá, diretor científico da Sociedade Brasileira de Reumatologia, entidade coordenadora do Fórum.

O Fórum Interdisciplinar de Biossimilares é aberto a profissionais de saúde, mediante inscrição prévia e contará com palestrantes dos diversos segmentos envolvidos na questão – comunidade médica, representantes de grupos de pacientes, autoridades regulatórias e indústria – com participação de especialistas internacionais. A programação completa e as inscrições podem ser conhecidas em http://eventus.com.br/biossimilares2018/

Artigos Relacionados

Dor na região do calcanhar pode ser sinal de fascite plantar

Priscila Torres

Consulta pública em prol da AR

Priscila Torres

Aplicativo premiado pode ajudar no estudo de doenças reumatológicas

Priscila Torres
Loading...