ReumaBlogs

SAAF – Síndrome Antifosfolípide

A síndrome antifosfolípide (SAF) é uma doença autoimune caracterizada por história de tromboses venosas ou arteriais e morbidade obstétrica na presença de anticorpos antifosfolípides (aFL).

Nessa doença o organismo produz anticorpos que alteram a coagulação sanguínea, desencadeando a formação de trombos, que podem obstruir a passagem de sangue nos vasos.

Os eventos vasculares mais comuns são a trombose venosa profunda (TVP), acidente vascular cerebral (AVC) e infarto agudo do miocárdio.

A SAF obstétrica é definida por abortamentos de repetição, perdas fetais, pré-eclâmpsia e sinais de insuficiência placentária.

O diagnóstico deve ser feito na presença de manifestações clínicas características (trombose ou eventos obstétricos) e anticorpos antifosfolípides persistentemente positivos, com pelo menos doze semanas de intervalo.

A SAF pode ocorrer como diagnóstico isolado (SAF primária), ou pode estar associada a outra doença reumática, como o lúpus eritematoso sistêmico (LES). Em pessoas com LES, a pesquisa de anticorpos antifosfolípides deve ser feita de rotina.

O tratamento da SAF é feito com anticoagulação. Pacientes com a forma obstétrica da doença precisam ser mantidas com. AAS dose baixa fora da gestação e associado heparina de baixo peso molecular quando grávidas.

Procure sempre uma orientação médica!

Dra. Paula Roman – CRM 59788

As publicações desta página são de caráter informativo e não substituem uma consulta

#REPOST @drapaularoman

Related posts

Síndrome de Sjogren: boca seca, olhos secos e dor nas articulações

Priscila Torres

Por que não estou melhorando?

Priscila Torres

Benefícios do Pilates nas articulações

Priscila Torres
Loading...