Quero apenas entender como posso seguir a vida normalmente com essa doença

Bom, é difícil falar como tudo começou porque tudo ainda está começando. Há 2 meses eu tive diagnóstico de artrite reumatoide e caiu como uma bomba em cima de mim. Tudo começou com o meu tornozelo esquerdo, comecei a cair, sentir muita dor e perceber inchaço.

Sou acadêmica de fisioterapia e me formo em dezembro, pelos meus conhecimentos comecei a me preocupar pois estava afetando todas as minhas atividades diárias, fui ao ortopedista e ele me pediu uns exames de sangue e uma ressonância do tornozelo esquerdo.

Levei tudo e ele disse que eu precisava de um reumatologista, pois meu problema seria artrite reumatoide e meu tornozelo esquerdo tinha iniciado um derrame, imediatamente comecei a chorar e pensei nos meus pacientes que possuíam a patologia, relatavam muito sofrimento e dores, me imaginava na situação, que estou começando a viver.

O reumatologista me passou um tratamento com muitos medicamentos de início no qual estou tendo muitas náuseas e tonturas, falta de apetite e sono. Me sinto sozinha, as pessoas não entendem minhas dores, as vezes gostaria de morrer. Quero apenas entender como posso seguir a vida normalmente com essa doença.

Obrigada a todos que tiraram um tempo para ler. Meu nome é Ianka e moro no Ceará.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!❤

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: