Quatro motivos para incluir a uva-passa em sua dieta

Pesquisas indicam que a fruta ajuda a prevenir doenças como osteoporose, câncer intestinal e até doenças crônicas e degenerativas; além disso, são ideias para a nutrição esportiva

Famosa pela polêmica que sempre causa em épocas natalinas, a uva-passa é uma das frutas secas com os maiores benefícios para a saúde. Fonte riquíssima de diversos nutrientes, a uva-passa é um alimento que pode ajudar a prevenir diversas doenças e auxiliam na execução de atividades físicas, como explica Fernanda Bliharscki, nutricionista da Importadora de Frutas La Violetera – importadora paranaense de alimentos.

“É um produto com minerais e probióticos que, aliados a uma dieta saudável, podem tornar a alimentação e a saúde cada vez melhor. Inclua na sua dieta diária e descubra os benefícios”, afirma a especialista.

1. Previne a osteoporose e auxilia o crescimento ósseo 

A uva-passa tem a presença do boro, um mineral associado à manutenção da saúde óssea, com efeito preventivo e terapêutico na osteoporose. “Com isso, podemos afirmar que a uva-passa é um alimento muito importante para idosos, mulheres na pós-menopausa e crianças, públicos que geralmente sofrem com problemas ósseos”, destaca a nutricionista da La Violetera.

2. São ideais para a nutrição esportiva 

As uvas-passas são ideais para a nutrição esportiva, já que ajudam a promover a disponibilidade de carboidratos e manter os níveis de glicose no sangue. “Um estudo recente comparou as passas com um gel comercial, baseado em sacarose e alto índice glicêmico, para ver se algum deles ofereceu a um grupo de ciclistas uma vantagem de performance e não houve diferença no desempenho durante 15 minutos de exercício”, conta Fernanda. Os pesquisadores concluíram que as passas, sendo mais baratas que os géis desportivos e uma fonte de nutrientes naturais, oferecem uma vantagem para os atletas.

3. Ajudam a prevenir o câncer e equilibrar a flora intestinal 

A uva-passa é rica em frutanos, probióticos formados a partir dos açúcares nas uvas durante o processo de desidratação. As próprias uvas frescas não possuem um nível detectável. “Os frutanos auxiliam na maior absorção das fibras presentes na fruta e ajudam a regular as funções intestinais, atuando como agente que estimula a flora intestinal que, quando equilibrada, é essencial para a saúde. Além disso, auxilia na prevenção de câncer colorretal”, destaca a nutricionista da La Violetera. Segundo ela, 7g de frutanos por dia são suficientes para garantir benefícios à saúde humana. “Uma porção de uva-passa fornece cerca de 1/3 desse montante.

4. Possui ação antioxidante 

A fruta possui um alto nível de polifenóis, potente antioxidante presente em todas as plantas, que protegem os constituintes celulares contra os danos oxidativos. “As passas são as únicas entre frutas e nozes com conteúdo alto de agentes antioxidantes, como: os ácidos fenólicos, caftárico e cárdico”, destaca Fernanda Bliharscki. Os polifenóis podem ainda auxiliar, a longo prazo, na prevenção de doenças crônicas como obesidade, diabetes, hipertensão e doenças degenerativas como o Alzheimer e o Parkinson.

Fonte: A Noticia

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));