Procurem ser fortes e tenham bom ânimo, mesmo sendo difícil.

Meu nome é Eliane, sofro de dores no pescoço e cabeça desde os vinte anos e só há uns três anos tive o diagnóstico de fibromialgia, artrose de coluna e joelhos.

Mesmo assim, não senti muita firmeza no diagnóstico e me consultei com quatro médicos até que o último fechou o diagnóstico em artrite reumatoide em fevereiro deste ano, mas desde novembro de 2018 já desconfiava pelos exames de sangue que sempre apresentavam quadro inflamatório.

Meu diagnóstico foi fechado principalmente pelos sintomas e relativa melhora com o uso de corticoide e Hidroxicloroquina. Agora estou melhor, mas ainda sinto muito cansaço e mal estar, principalmente depois de atividades como ir ao super mercado, caminhar por mais tempo ou limpar a casa.

Mas apesar dos momentos difíceis, temos que seguir em frente e não podemos nos entregar. Precisei me desligar da empresa para me tratar, não estava aguentando o trânsito intenso e rotina pesada do dia a dia.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

This is a private page. To make it public, edit it and change the visibility.

[wdi_feed id=”1″]

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));