Procurando por respostas

A principio o que me levou a procurar tratamento médico foi uma grave inflamação nos olhos. Fui tratada de conjuntivite de todas as espécies, como não melhorava e se agravava o estado com mais e mais lesões nas córneas a ponto de quase ficar cega, começamos a procurar outras causas. Durante esse período houve um desabamento do nariz (nariz em cela), orelhas vermelhas e moles, dores no nervo do pescoço, etc. Então fui tratada como hanseníase durante mais de um ano. Não melhorando e continuando o caso à agravar-se e sentindo muitas dores nos pés, nas articulações, muito inchaço nas pernas dificuldade para mover a perna esquerda, fui internada no Instituto Lauro de Souza Lima(Centro especializado no tratamento da Hanseníase), por 10 dias.

Foi então descartado qualquer vestígio do bacilo da hanseníase voltamos à estaca zero, procurando então nas doenças reumáticas a resposta.  Enfim o Dr. Ivânio de Florianópolis diagnosticou como  policondrite recidivante e em estado grave devido ter passado muito tempo sem o tratamento adequado. Foi então que ele começou a me tratar com a Adalimumabe (Humira) que me pôs em pé novamente e fiquei muito bem. Porém já fazem mais de 3 meses que não recebo mais a medicação porque o processo foi negado e o estado suspendeu pelo fato do humira não estar indicado para esta doença na qual estou submissa, e sendo uma doença auto imune sem essa medicação a doença volta e sua degeneração nas cartilagens é irreversível.

Me chamo Aparecida Fagundes Zampieri, tenho 52 anos, convivo com a policondrite recidivante há 5 anos, sou aposentada, moro em Curitibanos – SC.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

Planejar aposentadoria fica ainda mais difícil na pandemia

Trabalhador deve conhecer sua vida contributiva e as regras da Previdência antes do pedido A pandemia de Covid-19, a crise econômica e a reforma da...

Procure conhecer tudo à respeito da sua doença e como você pode se ajudar! E acima de tudo, nunca desista!

No final de 2015, tive uma febre tão alta que me debatia na cama. Depois disso, não conseguia mais escovar dentes, pentear os cabelos,...

Live irá debater a falta de medicamentos nas Farmácias de Alto Custo

ReumaLive: Direitos dos Pacientes: Assistência Farmacêutica Em dezembro de 2020, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), emitiu um documento em que foi declarado...