Doenças Reumáticas Notícias

Por que não se deve ignorar as dores?

Organização Mundial das Nações Unidas (ONU) afirma que a cada 2 minutos,102 pessoas morrem decorrentes de diversas causas. Parte dessas mortes está relacionada a dores ignoradas e negligenciadas. O Jornal Zero Hora afirma que “estudos revelam que pessoas mais velhas costumam relatar dores aos médicos com menos frequência que jovens adultos. Em vez de falarem sobre, muitos sofrem em silêncio, comprometendo a qualidade de vida”.

Ignorar dores que, provavelmente podem ser resolvidas com um tratamento, pode ser fatal e injusto. Em entrevista ao portal G1, Márcio Tanure, especialista em Ortopedia, traumatologia e medicina Ortomolecular, afirma que ignorar dores pode gerar gravíssimas consequências. “Prolongar a situação  leva a pessoa a conviver com dores mais intensas e pode provocar consequências ainda mais graves, sendo algumas delas irreversíveis, como o desgaste avançado da articulação”, explica.

Entre fadiga, inchaço em algumas partes do corpo, calor excessivo, fraqueza etc, as dores ininterruptas estão entre os principais sintomas de manifestação das doenças reumáticas. Sendo assim, jamais devem ser ignoradas, pois são alertas importantes  para se procurar um médico.

Confira 3 sinais de alerta relevantes sobre dores ininterruptas.

Alerta 1 – Dores Nas Articulações Por Mais de 5 Semanas

Os especialistas alertam que dores constantes nas articulações por mais de 5 semanas podem estar ligadas a algum tipo de doença reumática. As doenças reumáticas representam o conjunto de diferentes enfermidades que acometem o aparelho locomotor, ou seja, ossos, articulações, cartilagens, músculos, tendões e ligamentos.

Alerta 2 – Dor na Lombar Com Frequência

As diversas doenças reumáticas estão diretamente relacionadas a dores na lombar ou costas com o mesmo significado. A  Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que 7 em cada 10 pessoas no mundo sofrem com esse tipo de incômodo na vida.

“Para entender por que isso acontece, é necessário, antes, conhecer um pouco de anatomia. Localizada na parte inferior da coluna, a região lombar é formada por vértebras (os ossos que compõem a coluna) que conectam o tórax, a cintura e as pernas. A estrutura permite que você faça a maioria dos movimentos, além de garantir que possa ficar em pé, levantar e andar. O ortopedista Marcelo Wajchenberg, especialista em coluna do Hospital Israelita Albert Einstein e do Instituto Cohen (SP), explica que a dor lombar é sintoma de mais de 50 doenças”, divulgou o portal www.uol.com.br.

Alerta 3 –Dor Combinada a Emoções Abaladas

Uma das doenças reumáticas que mais atinge a população e que tem relação com as emoções, é a fibromialgia. A Sociedade Brasileira de Reumatologia explica que  “a fibromialgia é uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura. Juntamente com a dor, o problema apresenta sintomas de fadiga (cansaço) e sono não reparador (a pessoa acorda cansada), entre outros sintomas, como alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais. Uma característica é a grande sensibilidade ao toque e à compressão da musculatura pelo examinador”.

Além disso, alguns médicos reumatologistas afirmam que a doença acomete as mulheres, sendo uma estimativa de 7 a cada 10 casos nos consultórios.

Atenção!

Nenhum tipo de reumatismo tem cura, mas sim tratamento. Portanto, é necessário procurar um médico para exames o quanto antes ao observar qualquer sinal diferente em seu corpo e organismo. O diagnóstico precoce facilita  e alivia as dores constantes, ajudando na qualidade de vida.

Related posts

Lady Gaga revela que tem artrite reumatoide

Priscila Torres

Ela se casou no hospital para realizar o último desejo do pai

Priscila Torres

Projeto desenvolvido pela Prefeitura com idosos é reconhecido pelo Ministério da Saúde

Priscila Torres
Loading...