Placebo X Glucosamina e Condroitina para artrose de joelhos

O combo parece funcionar bem em artrose de mãos, pequenas articulações, não em grandes articulações.

A combinação glucosamina com condroitina mostra-se ineficaz em mais um estudo para artrose de joelhos.

Em mais um estudo randomizado duplo-cego a combinação GS/CH mostrou-se impotente para controlar sintomas e evolução da gonartrose. Esta já era nossa experiência clínica de muitos anos. O combo parece funcionar bem em artrose de mãos, pequenas articulações, não em grandes articulações.

Abaixo o Abstract deste estudo feito na Espanha, em que ficou claramente demonstrada a superioridade do placebo.

ABSTRATO

Objetivo : Avaliar a eficácia e segurança do sulfato de condroitina (CS) mais sulfato de glicosamina (GS) em comparação com placebo em pacientes com osteoartrite do joelho sintomático (KOA).

Métodos : Um estudo multicêntrico, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo foi realizado em 164 pacientes com KOG Kellgren-Lawrence estágios II-III e moderada a dor severa (EVA: 62,1 ± 11,3 mm). Os pacientes foram randomizados para receber ou CS (1200 mg) mais GS (1500 mg) ou placebo em uma dose oral única diária durante 6 meses. A mudança média na dor global de VAS foi definida como endpoint primário. Os desfechos secundários incluíram a mudança média na avaliação global do investigador, WOMAC total, subescalas de dor e função do WOMAC, taxa de resposta do OMERACT-OARSI 2004 e uso de medicação de resgate. Eventos adversos também foram registrados. Um Conselho de Monitoramento de Dados e Segurança foi constituído para garantir a segurança do paciente e a precisão dos dados.

Resultados : Intrigantemente, CS + GS foi inferior ao placebo na redução da dor articular na população de intenção de tratar modificada (MITT) [11,8 ± 2,4 mm (19%) vs 20,5 ± 2,4 mm (33%); Δ = -8,7; -14,2%; p <0,03], mas não para completadores por protocolo. Placebo e CS + GS melhoraram de forma semelhante o WOMAC total, bem como as subescalas dor e função WOMAC tanto na população mITT como nos completados por protocolo. Nem a taxa de resposta OMERACT-OARSI nem o uso de medicação de resgate diferiram entre os dois grupos. Eventos adversos graves foram incomuns e distribuídos igualmente.

Conclusão : O CS + GS não demonstrou superioridade ao placebo na redução da dor e do comprometimento da função em pacientes com OAJ sintomática aos 6 meses. Pesquisas adicionais podem contribuir para elucidar completamente a adequação da combinação CS + GS como terapia na OA. Este artigo está protegido por direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Roman-Blas, JA, Castañeda, S., Sánchez-Pernaute, O., Largo, R., Herrero-Beaumont, G. e o grupo de estudo CS / GS COMBINED THERAPY (2016). O sulfato de condroitina associado ao sulfato de glicosamina não apresenta superioridade em relação ao placebo em um ensaio clínico randomizado, duplo-cego e controlado por placebo em pacientes com osteoartrite do joelho. Artrite e Reumatologia. Manuscrito do Autor Aceito. doi: 10.1002 / art.39819

Texto: Dr Von Muhlen

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: