Pesquisa indica que o método promove alívio das dores lombares crônicas e também traz benefícios psicológicos

Você já teve medo de sentir alguma dor na coluna? A níveis normais, isso é compreensível, já que 80% da população adulta ao redor do mundo sofre de dor lombar. A rotina puxada de compromissos, as tarefas domésticas e o famoso mau jeito fazem parte do cotidiano de muita gente, trazendo os já conhecidos incômodos no corpo.

O medo exagerado, no entanto, pode se tornar um outro sintoma do problema, desta vez de caráter psicológico: a cinesiofobia, que é o pavor de realizar certos movimentos por associá-los à dor. Esse é um grande perigo para a saúde e o pilates pode ajudar a combatê-lo, de acordo com um estudo do Journal of Bodywork & Movement Therapies.

Quando uma pessoa desenvolve esse receio de se movimentar, como um reflexo quase automático, muitas vezes, ela pode agravar quadros de saúde. Segundo o estudo, pacientes com dor lombar crônica com níveis mais elevados de cinesiofobia possuem um risco 41% maior de desenvolver alguma incapacidade física.

Isso porque, pelo temor, o indivíduo que já sofre de dores crônicas passa a evitar ainda mais atividades e exercícios por medo de reincidência de alguma lesão. Desse jeito, acaba ficando preso num ciclo de sedentarismo e inatividade física, potencialmente trazendo ainda mais problemas e piorando a dor. É aí que entram os benefícios do pilates.

Benefícios do pilates

O pilates é indicado pelo estudo como um grande amenizador das dores lombares, da incapacidade e, progressivamente, do próprio medo do movimento. Por ser uma atividade de baixo impacto que pode ser adaptada pelo profissional para objetivos individuais, ele pode ser integrado ao tratamento de dores crônicos de uma forma muito positiva.

Além disso, os treinos de respiração envolvidos na prática do pilates podem auxiliar na circulação sanguínea em todas as regiões do corpo, contribuindo para o relaxamento muscular – cuja falta, muitas vezes, pode causar ou ainda piorar a dor.

Ainda neste contexto, o pilates também oferece melhorias psicológicas na vida de quem o pratica. A redução do estresse e ansiedade, por exemplo, tem relação direta não só com uma melhora dos quadros de cinesiofobia, mas também com a superação de adversidades que possam dificultar o cotidiano de quem sofre dessas condições.

Dessa forma, as vantagens do pilates não param nas situações relacionadas a dores crônicas. Outros benefícios que fazer pilates pode trazer à saúde e bem-estar são:

  • Maior prazer nas relações sexuais
  • Aumento do tônus muscular
  • Maior mobilidade das articulações
  • Evolução da marcha e corrida
  • Alívio de tensões musculares
  • Respiração saudável
  • Aumento da flexibilidade corpórea
Fonte: Minha vida.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.