Osteoartrite, Osteoporose e Sarcopenia

Especialistas alertam sobre o número crescente de casos, durante evento realizado em São Paulo.

Simpósio reuniu fisiatras, ortopedistas, reumatologistas brasileiros, além do especialista científico e professor britânico, Dr. Ali Mobasheri

O resultado de um estudo realizado pelo Grupo de Estudos em Osteoartrite, Osteoporose e Sarcopenia, foi apresentado durante o 1º Simpósio GEOOS, organizado pelos fisiatras Dra. Pérola Grinberg Plapler (pelo IOT-HC) e Dr. Cyro Scala (pela Santa Casa de São Paulo), com o apoio de toda a diretoria do GEOOS. O evento, que contou com a presença de médicos brasileiros e do médico britânico Dr. Ali Mobasheri, considerado um dos nomes mais respeitados mundialmente no meio científico e acadêmico quando se trata de osteoartrite, aconteceu no Núcleo de Inovação Tecnológica do HCFMUSP, em São Paulo, com o objetivo de fomentar iniciativas de caráter científico, focadas na atenção interdisciplinar para prevenção e tratamento das doenças.

Durante o simpósio, os especialistas reforçaram a preocupação com o número crescente de pessoas que não leva a sério as dietas, o estilo de vida e a prevenção de doenças. Conforme pesquisas, foram exibidas algumas estatísticas de prevalência sobre a osteoartrite no Brasil, onde foi revelado, entre outros importantes resultados, que 33% da população brasileira tem a doença, sendo indivíduos maiores de 25 anos de idade, 40,2% homens e 59,8% mulheres.

Segundo a OARSI (Osteoarthritis Research Society International), a osteoartrite é uma doença das articulações caracterizada pela degeneração das cartilagens, associada à inflamação da articulação. No Brasil, é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho, sendo a segunda maior causa, e é a quarta a determinar a aposentadoria (6,2%), já que a prevalência entre os idosos é enorme. Depois dos 65 anos, 85% das pessoas apresentam evidência radiográfica de osteoartrite.

Com o tema “Emerging supplements for osteoarthritis and joint health”, o simpósio para o Dr. Ali Mobasheri, teve como objetivo estabelecer um novo fórum para discussão e divulgação das pesquisas mais recentes sobre a Osteartrite, e debater as diretrizes de tratamento recentemente introduzidas para o manejo clínico da doença. “Quando enviei minha manifestação e declaração pessoal à presidência da Osteoarthritis Research Society International (OARSI), deixei claro que trabalharia duro para tornar a OARSI mais internacional e construir novos relacionamentos e vínculos com o Brasil e a Índia. Nos últimos 12 meses, demonstrei meu compromisso com a comunidade de pesquisa no Brasil, com inúmeras visitas ao país, discutindo e, junto com a equipe médica brasileira, pesquisando sobre a Osteartrite”, revela o especialista do Reino Unido.

A carga mundial da doença é um problema enorme que aumenta a cada dia. No estudo de 2010, foi a décima primeira maior contribuidora para incapacidade. A Osteoartrite é a forma mais comum de doença do aparelho locomotor e uma das doenças mais crônicas, que afeta milhões de pessoas por todo mundo. “No Brasil, acredito que a incidência vai aumentar conforme a mudança demográfica, com o aumento da obesidade e do envelhecimento e, com isso, precisamos considerar que o sistema de saúde será afetado”, explicou Dr. Ali.

A Dra. Pérola ressaltou a importância do simpósio, que é pioneiro na área e reuniu diversos especialistas para discutir as três doenças, Osteoartrite, Osteoporose e Sarcopenia que muitas vezes caminham juntas. ”É fundamental que sejam realizadas pesquisas para que tenhamos mais compreensão dessas doenças e de como tratá-las. Temos observado que o tratamento das três, quando presentes, potencializa o tratamento de cada uma cada uma delas, valendo então a pena tratar todas ao mesmo tempo, para aumentar a qualidade de vida e diminuir a mortalidade”, explicou.

Fonte: Segs Saúde

This is a private page. To make it public, edit it and change the visibility.

[wdi_feed id=”1″]

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));