Notícias

Orientações para pacientes que recebem medicações em centros de infusão

A SBR reitera: Não existe nenhuma evidência, até o momento, de que interromper seu tratamento com imunossupressor ou imunobiológico gere qualquer efeito protetor contra a infecção pelo novo coronavírus/COVID-19.

No entanto, em pacientes idosos, tabagistas ou com algum tipo de comorbidade, a interrupção preventiva dessas medicações pode ser avaliada pelo médico assistente, tendo em vista ser este tipo de paciente o de maior risco para qualquer infecção.

Recomenda-se ao paciente que:

  • Entre em contato com o Serviço de Terapia Assistida caso apresente sintomas gripais.
  • Busque informações sobre as condições do seu agendamento, através dos canais de comunicação disponibilizados pelo Serviço de Terapia Assistida.
  • Cumpra o horário agendado, evitando chegar antes a fim de reduzir aglomerações. v Evite manipular revistas e outros objetos na sala de espera e higienize suas mãos antes e depois do procedimento.
  • Evite ir acompanhado ao Serviço de Terapia Assistida, e quando inevitável, assegure-se de que seu acompanhante esteja livre de sintomas gripais.

Vacine-se contra a Gripe!

A Sociedade Brasileira de Reumatologia, voltará a qualquer momento com novas atualizações e encontra-se à disposição por meio dos canais de comunicação oficiais da SBR que são:

✔Site: www.reumatologia.org.br/covid-19
✔Instagram: @sociedadereumatologia
✔Facebook: https://www.facebook.com/sbreumatologia
✔E-mail: [email protected]

Artigos Relacionados

Câncer de colo do útero: 90% dos casos da doença estão relacionados à incidência de HPV entre mulheres

Priscila Torres

Tratamento biológico para doenças reumatológicas tem cobertura ampliada pelo SUS

Priscila Torres

Quem tem artrite precisa lidar com contratempos diariamente para realizar ações, a começar por levantar-se da cama

Priscila Torres
Loading...