ReumaBlogs

O seu medicamento te faz ganhar peso

E quando o tratamento pede por corticoide ou antidepressivos — indicados em caso de dor crônica — que assim como o primeiro, também são os principais culpados por um dos efeitos colaterais mais incômodos: o ganho de peso. Será, no entanto, que eles engordam mesmo?

Alguns antidepressivos aumentam o apetite. Na prática, quando comemos mais, ingerindo mais calorias do que gastamos, o corpo armazena as calorias extras em forma de gordura, e assim engordamos.

Por outro lado, corticoides são reconhecidos por facilitar a retenção de líquido, que de fato, pesa na balança. Apesar deles serem capazes ainda de alterar a forma com que a gordura se distribui pelo corpo, esses medicamentos não “geram” gordura.

⁉ E agora, como resolver essa questão?

É muito fácil dizer que a resposta para o problema é meramente “comer menos”. A gente sabe que essa não é uma tarefa simples nem pra quem não precisa conviver com efeitos colaterais de medicações. A sensação de fome, que só aumenta durante o dia quando não atendemos ao seu chamado, também atrapalha o dia a dia.

Se não dá para reduzir a quantidade de calorias, a sugestão é aumentar o seu gasto, incluindo a atividade física na rotina. Caso a doença não permita exercícios, converse com o seu reumatologista em busca de novas opções terapêuticas, que possam auxiliar nesse momento.

#REPOST @dicasdareumato

Artigos Relacionados

Pulmão reumatoide – Você sabia que o reumatismo pode afetar os pulmões?

Priscila Torres

Superdosagem de vitaminas: Ajuda no controle das doenças reumáticas

Priscila Torres

O Lúpus é contagioso?

Priscila Torres