O papel do sono na imunidade

0
25

O sono tem um papel fundamental na resposta imunológica do organismo. A sua privação altera o correto funcionamento do metabolismo, a produção dos hormônios e o funcionamento das células de defesa.. Um exemplo disso são as pessoas que dormem menos que 8 horas por noite possuírem uma liberação aumentada de cortisol, hormônio relacionado ao estresse.

Com o sistema imunológico enfraquecido, o indivíduo tende a aumentar a probabilidade de desenvolver gripes e resfriados, principalmente no inverno, onde o tempo é mais seco e a aglomeração de pessoas em ambientes fechados, maior.

Em pacientes com doenças autoimunes, a sono sem qualidade pode ser um agravante no controle da doença e desencadeador de dor crônica.

Por isso, fique atento aos sinais do seu organismo, busque regular suas noites de sono, tente manter 8 horas de sono por dia e verifique se elas estão sendo suficientes, se o seu despertar é descansado. A qualidade do sono também é fundamental para esse processo, sendo assim, o sono profundo ou o sono REM também deve acontecer.

Se você está acordando cansado, como se precisasse dormir mais, com mal humor ou estressado, com dor, vale a pena uma investigação junto com o seu médico. Assim como, se desperta várias vezes durante a noite ou tem dificuldade de iniciar o sono.

E aí, compartilhe conosco, como tem sido a sua rotina de sono? Após a pandemia, ela melhorou ou piorou? Tem conseguido manter 8 horas por noite?

#REPOST @marcella.reumato

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.