Depoimentos Notícias

Nunca percam a Fé e a Esperança!

Há mais de 20 anos fui diagnosticada: Artrite Reumatóide. Passei por momentos bem angustiantes, de muitas dores, até encontrar um medicamento que desse certo.

E achando que estava no caminho certo, porque tive grande alívio das dores, há 1 ano atrás, recebo o diagnóstico de uma “braba” tuberculose e mais uma família de bactérias. Aí sim, sofri demais, pois tive que parar com os medicamentos da AR e cuidar somente da tuberculose…Foram meses de emagrecimento total, perda de peso, tosse, vômitos, etc… Foi 1 ano exato de tratamento.

Hoje estou curada da tuberculose . Retornei ao tratamento da AR, com um medicamento que me levantou (Tofacitinibe), me tornando uma outra pessoa, sem dores, mais alegre e feliz.

Voltei, posso dizer, a minha vida normal. Com a ajuda de Deus, família, amigos, médicos, e meu anjo, Camila Vecchi, que além de Nutricionista, uma grande psicóloga. Hoje, faço caminhadas todas as manhãs e faço também pilates.

Não percam a fé, não percam a esperança, dias melhores, sempre virão!!!!!

Meu nome é Márcia, tenho 53 anos, convivo com a artrite reumatoide a 25 anos, sou professora aposentada e moro em Pirauba-MG.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!⠀

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#Depoimento

Related posts

Dia Nacional de Prevenção a Obesidade: doença avança e mata 4 milhões de pessoas no mundo

Priscila Torres

HIV e artrite fazem subir gastos com medicamentos em Portugal

Priscila Torres

Anti-CCP e Hla-B27 nos Planos de Saúde

Priscila Torres
Loading...