Depoimentos

Não desistir e aceitar o mais rápido possível

Descobri que estava com AR após 2 meses de intensas dores em várias partes do corpo, aparentemente sem motivo. Foram 2 meses mancando, com articulações travadas e com a sensação de que não iria levantar da cama no próximo dia.

Consultei com um clínico geral, que me receitou alguns remédios para dor muscular, mas nada resolveu, até o mesmo me encaminhar para um reumatologista em uma cidade maior. Após diversos exames foi confirmada a AR.

O tratamento até o momento tem sido muito bom (MTX + PredSim), diminuíram 90% a dor, mas a insegurança com os efeitos colaterais, que ainda não tive, e com a possível volta das dores é constante, sem contar o preconceito e a falta de informação das pessoas sobre a doença.

Não desistir e aceitar o mais rápido possível. O tratamento não é difícil. Difícil é ficar com as dores e perder dia após dia qualidade de vida.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

 

Related posts

Lea Cristina Aoun

Priscila Torres

Apesar de tudo, sejam fortes. Procure quem te quer bem, quem te entenda

Priscila Torres

Um dia de cada vez

Priscila Torres
Loading...