Colunas da Pri Notícias

Ministério da Saúde nega fornecimento de medicamentos para artrite psoriásica e psoríase

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), abre consulta pública para ouvir a sociedade civil sobre a sua decisão de não recomendar o fornecimento de dois medicamentos utilizados um para o tratamento da artrite psoriásica e outro para o tratamento da psoríase.

Conversamos com o dermatologista, Dr. Paulo Oldani que ressalta a importância destes medicamentos para os pacientes brasileiros “A Conitec não recomenda a inclusão no SUS do medicamento biológico Ixequizumabe para o tratamento da artrite psoriásica, e do Risanquizumabe que é também um medicamento biológico usado para o tratamento da psoríase. Esses dois medicamentos possuem eficácia muito elevada, com um grau de segurança muito bom e é necessário que isso seja incluído nos protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas do SUS, sendo de suma importância que as contribuições na consulta pública sejam feitas, quanto maior o número de contribuições, maior será o efeito disso”, está nas mãos da sociedade civil mudar a decisão do Ministério da Saúde. Você considera importante a inclusão de novos medicamentos para o tratamento da artrite psoriásica e da psoríase? click nos links abaixo e deixe sua contribuição até o dia 17/03/2020:

 

  1. Para o SUS incorporar  Ixequizumabe para o tratamento da artrite psoriásica, click em: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=54364 (Consulta Pública Conitec nº 05 Ixequizumabe para tratamento de pacientes adultos com artrite psoríaca ativa com resposta insuficiente ou intolerante ao tratamento com medicamentos modificadores do curso da doença).
  2. Para o SUS incorporar Risanquizumabe para o tratamento da psoríase, click em: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=54372 (Consulta Pública Conitec nº 08 Risanquizumabe para tratamento da psoríase em placas de moderada a grave).

É preciso contribuir preenchendo os dois formulários, não se esqueça disso! Faça a voz do paciente ser ouvida! 

Fonte: www.conitec.gov.br/consultas-publicas

Related posts

Você sabia que mulheres têm mais problemas oculares do que homens?

Priscila Torres

5 frases que você nunca deve dizer para alguém com dor da artrite reumatoide

Priscila Torres

Reforma da Previdência penaliza deficientes e incapacitados para o trabalho

Priscila Torres
Loading...