if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Médicos são cautelosos sobre a suplementação

“Se lhe dão um remédio que serve para tudo, desconfie. Não se tem bem um consenso sobre até que ponto a vitamina D é importante”. A avaliação é da presidente regional da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai), Fabiane Pomiecinski. Para ela, a suplementação de vitamina D só deve ocorrer quando houver comprovação de taxas insuficientes. “A indicação de suplementação acontece para prevenir infecções, principalmente em crianças com imunidade baixa”, ressalta.

O médico do esporte Marcus Strozberg é mais categórico ao dizer que “não há comprovação científica de que a vitamina D traga benefícios para quem não tem déficit”. Conforme ele, a vitamina D é importante, por exemplo, para pessoas que têm uma doença muscular, como distrofia, e nos casos de depressão. “Mas usar para melhorar performance e associar a vitamina D como algo que vai melhorar isso, não se comprova”, afirma.

Fonte: O Povo

Anúncios

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: