Médica reumatologista esclarece se tratamentos alternativos como os chás podem ajudar no controle das doenças reumatológicas #SBR2018

Durante o Encontro Nacional de Pacientes Reumáticos e Familiares do XXXV Congresso Brasileiro de Reumatologia, Dra. Pâmera Goldstein, esclareceu as principais dúvidas dos pacientes quando o assunto é tratamentos naturais

Em tempos de fake news nas redes sociais e na internet, é importante ficar atento e consultar sempre o seu médico antes de tomar qualquer medicamento ou até mesmo um chá. A médica reumatologista, Pâmera Goldstein, esclareceu as principais dúvidas dos pacientes quando o assunto é tratamentos naturais. Será que os chás funcionam? Posso tomá-los à vontade? Confira!

Cuidado com as ervas “daninhas”

“Nem tudo que é natural é livre de danos. Até mesmo as plantas podem ser tóxicas ou virem contaminadas”, alertou a médica reumatologista, Pâmela Goldstein. De acordo com a especialista é importante ficar atento a algumas plantas que podem piorar a doença reumatológica ou até mesmo trazer complicações graves para a saúde, entre as principais estão a erva de São João e as margaridas.

“A erva de São João pode aumentar a digestão de certos medicamentos, causando interação medicamentosas, que podem levar a falência do tratamento. Já as margaridas são vendidas como estimulantes do sistema imunológico, mas não há comprovação científica de que ela seja boa para isso como para a saúde”, explicou.

Outro produto natural que merece cuidado é o cogumelo do sol, que pode causar disfunção hepática. “A ANVISA deixa claro que o cogumelo do sol não pode ser comercializado com a alegação medicamentosa ou terapêutica”, ressaltou Dra. Pâmela.

Cloreto de magnésio e chá de canela de velho aliviam a artrite reumatoide?
Nas redes sociais e internet, muito tem se falado sobre os supostos efeitos positivos do uso de cloreto de magnésio para o tratamento de artrite reumatoide. Mas atenção: não há estudos científicos que comprovam que ele possa causar alívio das dores da artrite reumatoide.

De acordo com a reumatologista, o mesmo se aplica ao chá de canela de velho, que ainda não há comprovação científica de que tenha efeitos positivos em pacientes com doenças reumatológicas.

Palestra proferida durante o Encontro Nacional para Pacientes Reumáticos e Familiares – SBR2018
XXXV Congresso Brasileiro de Reumatologia

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));