Depoimentos

Lutar Sempre!

Tudo começou em janeiro de 2015, nossa q dor q tormento!

Tive pneumonia, pleurite e anemia, tudo junto e misturado, os médicos do pronto socorro que eu frequentava, falavam que era coisa da minha cabeça. Gente, como podia ser da minha cabeça se todos os exames estavam alterados?

Teve um doutor me encaminhou para um psiquiatra, irmão dele, eu fui pois pensei que realmente era da minha cabeça, cheguei lá esse psiquiatra ficou com vergonha do próprio irmão doutor que me encaminhou para uma consulta com um psiquiatra. Sendo que meu caso era visível, eu realmente estava doente!

Estava cheia de caroços pelo corpo, anemia 4.08, estava péssima, eu estava verde literalmente, esse psiquiatra me falou que os médicos não estão preparados para essas doenças autoimunes e que tem Dó desses pacientes que precisa deles.

Esse psiquiatra então me ajudou a encontrar um médico que conseguiu descobrir o que tenho, esse sim é um anjo que deus colocou em meu caminho, um médico de verdade.

Depois de muitas lutas, de muitos exames fui tratada durante um ano como lúpus, gente, fiquei no chão…  minha vida parou, pensei “acabou tudo, não tenho vida mais”.

Depois de um ano, fazendo tudo certinho, todos os exames, foi descartado o Lúpus. Pensei “graças a Deus!” Aí veio outro diagnóstico, artrite reumatoide! meu deus o q é isso? Não tem jeito, uma doença auto imune não tem cura, mas sim tem tratamento e esse tratamento é duro e complicado e ruim, mas é o que temos.

Hoje estou em crise, dois meses afastada pelo SUS cheia de corticoides e metotrexato, corpo todo tremolo mais não podemos parar.

Me chamo Lívia Borba, tenho 41 anos, convivo com a artrite reumatoide a 5 anos, sou vigilante e moro em Pato de Minas– MG.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

#depoimento

Related posts

Driblando a dor

Priscila Torres

Não sou de me entregar fácil para as dificuldades da vida

Priscila Torres

Coragem e foco com o tratamento e dificuldades do caminho,nunca desistir

Priscila Torres
Loading...