Levantamento Global da Vigilantes do Peso mostra que 90% dos adultos priorizam metas de saúde e bem-estar para 2019; 73% dos pesquisados não se sentem tão saudáveis quanto gostariam

Levantamento Global da Vigilantes do Peso mostra que 90% dos adultos priorizam metas de saúde e bem-estar para 2019; 73% dos pesquisados não se sentem tão saudáveis quanto gostariam

Empresa líder em emagrecimento encomendou pesquisa global alinhada com sua visão em se tornar referência mundial em bem-estar

A WW – empresa que até setembro era chamada de Weight Watchers – grupo do qual faz parte a marca Vigilantes do Peso by WW, (Nasdaq: WTW) revela dados de uma pesquisa que trazem uma nova perspectiva sobre saúde e bem-estar, tanto no Brasil quanto em todo o mundo. Segundo o levantamento 90% dos adultos dizem que uma de suas metas para 2019 é melhorar a sua saúde física, mental e emocional.

A Pesquisa Global de Bem-Estar da WW, encomendada pela primeira vez esse ano, mostra que – embora a maioria das pessoas deseje se sentir mais saudável – 73% não alcançam esse objetivo, apesar de seus melhores esforços. Os dados esclarecem os motivos que dificultam e os que facilitam as jornadas de saúde e bem-estar das pessoas:

Mais inspiração: 43% dos adultos afirmam que a falta de inspiração é o que os impede de alcançar uma meta de saúde física, mental ou emocional.
Um apoio na jornada: quase metade dos adultos (48%) dizem que ter uma companhia é imperativo para permanecer no caminho certo.
Algo que funciona: mais da metade dos adultos (55%) tentaram várias dietas ou planos alimentares nos últimos dois anos. A média geral é de 4 tentativas nesse período.

“A WW foi fundada a partir da ideia de que você pode conseguir mais com o apoio de pessoas que entendem sua jornada. Hoje, como uma empresa guiada para a ciência, baseada em tecnologia e centrada na comunidade, nós continuamente inovamos para apoiar nossos associados de maneiras que funcionam para suas vidas, seja em Workshops presenciais, ou no meio digital em nosso aplicativo”, reforça Mindy Grossman, presidente e CEO Global da WW. “O que estamos aprendendo com essa pesquisa é que, enquanto quase todo mundo quer viver uma vida mais saudável, a maioria ainda sente que falta inspiração, ferramentas eficazes e um senso de parceria. Estamos aqui para inspirar hábitos saudáveis para a vida real – para pessoas, famílias, comunidades, o mundo – para todos”.

Vigilantes do Peso by WW usa ciência comportamental para ensinar e encorajar hábitos saudáveis para a vida real e o programa oferece experiência e eficácia como nunca antes. Milhões de pessoas de todo o mundo participam da experiência Digital no aplicativo, onde associados podem contar uma rede social exclusiva, o Connect. Alguns dos novos recursos disponíveis para os associados brasileiros a partir de dezembro são:

PontosFit 2.0: além da tradicional contagem de pontos de acordo com a qualidade nutricional dos alimentos ingeridos, o programa traz uma evolução na contagem dos pontos que mensuram as atividades físicas, com o objetivo de incentivar as escolhas de atividades físicas de acordo com o que terá o maior impacto na saúde de um indivíduo. Os novos PontosFit são personalizados para cada usuário e o novo algoritmo incentiva os associados a incluírem treinamento de alta intensidade e força em sua rotina de exercícios.
Grupos no Connect: uma nova maneira de fortalecer a comunidade da WW e ajudar a promover relacionamentos que inspirem hábitos saudáveis, na qual os associados podem buscar motivação, ideias e inspirações para se manterem saudáveis e recebendo suporte enquanto fazem o programa online. Trazendo o melhor da interação tradicional dos encontros presenciais do Vigilantes do Peso, o Connect digitaliza essa experiência: nele, é possível publicar fotos, vídeos e mensagens, além de curtir e comentar postagens de outros associados e trocar experiências 24 horas por dia.
Para mais informações, acesse www.vigilantesdopeso.com.br.

Notas ao editor

Metodologia de Pesquisa: A Pesquisa Global de Bem-Estar da WW foi realizado pela Wakefield Research com 10.007 adultos com representação nacional, maiores de 18 anos, em 11 mercados: EUA, Reino Unido, Alemanha, França, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Suíça, Suécia, Brasil e Benelux.

Para as entrevistas conduzidas neste estudo específico, as chances são de 95 em 100 de que o resultado da pesquisa não varie acima de 1,0 ponto percentual acima para mais ou para menos, para a amostra geral, 2,2 pontos percentuais para a amostra do Reino Unido, 3,1 pontos percentuais para as amostras dos EUA, Alemanha, França, Austrália, Canadá e Suécia, e 4,4 pontos percentuais para as amostras da Nova Zelândia, Suíça, Brasil e Benelux pesquisadas.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:
Edelman
Bárbara Gaspar – [email protected]

Telefone: 11 3060 3136

Tatiana Guerra – [email protected]

Telefone: 11 3060 3120

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));