Incorporado novo medicamento para tratamento da artrite psoriásica no SUS

O medicamento estará disponível em até seis meses

O Sistema Único de saúde (SUS) disponibilizará em até 180 dias mais um medicamento para tratar a artrite psoriásica, uma doença crônica, inflamatória, que afeta tanto as articulações quanto a pele: o secuquinumabe. A decisão de incorporar essa alternativa terapêutica foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, por meio da portaria nº 6, de 24 de janeiro de 2018.

A artrite psoriásica (AP) causa inflamação e dor tanto na coluna vertebral quanto nas articulações periféricas (juntas) de mãos, joelhos, ombros, tornozelos e cotovelos. Em 80% dos casos, os pacientes manifestam primeiro a psoríase cutânea, antes da inflamação nas articulações.

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) considerou que o secuquinumabe é eficaz e seguro para o tratamento da artrite psoriásica, por ser um medicamento biológico que inibe o processo inflamatório.

Conheça o relatório técnico da CONITEC, com informações detalhadas sobre a análise do medicamento, neste link.

Fonte: CONITEC

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: