Notícias

Google Arts disponibiliza acervo com obras de Frida Kahlo

Frida Kahlo foi, definitivamente, uma artista à frente de seu tempo. A pintora mexicana, que viveu de 1907 a 1954, retratou nos quadros suas dores e explorou temas como o casamento, a maternidade, a bissexualidade e o aborto.

Suas obras agora podem ser vistas no Google Arts & Culture, que lançou um acervo online dedicado à vida e ao trabalho da artista, reunindo mais de 800 obras, como pinturas, cartas, retratos e imagens de Kahlo.

Chamado de “Faces de Frida”, o acervo se apresenta como um “olhar mais atento à vida, arte, amor e legado de Frida através dos olhos de especialistas e daqueles que foram influenciados pela arte dela”.

O acervo tem 20 obras em altíssima definição, onde é possível dar zoom e ver detalhes da pintura. Além disso, contém obras que foram raramente expostas ao público, como peças de coleções particulares.

Uma das seções aborda a relação da artista com o próprio corpo, que sofria de uma doença crônica que afetou sua vida e. consequentemente. suas obras. Pesquisadores acreditam que a artista nasceu com espinha bífida, condição que afeta o desenvolvimento da coluna vertebral e, aos seis anos, a artista foi diagnosticada com poliomielite.

Tais doenças causaram dor crônica durante toda a vida da artista. Em 1925, ela também sofreu um acidente de ônibus, que causou diversas fraturas.

Também é possível fazer um tour pelo acervo por meio da tecnologia de realidade virtual, em que o visitante é apresentado aos momentos, pessoas e influências artísticas de Kahlo em três passeios virtuais.

Fonte: Revista Galileu

Related posts

Falta de sono piora sensação de dor

Priscila Torres

Centro de Infusão Reumatológico completa um ano melhorando qualidade de vida dos pacientes

Priscila Torres

Alongamento reduz dores e outros sintomas da fibromialgia

Priscila Torres
Loading...