Garotas vencem prêmio Inova Jovem com aplicativo sobre fibromialgia

O aplicativo chamado "FibroFly" promove o bem-estar de pessoas com fibromialgia

As cinco integrantes da equipe “Girl Tech Power” fizeram valer o nome do grupo e mostraram a força das garotas na tecnologia, ao faturarem, na semana passada, em Campinas (SP), o primeiro lugar do prêmio “Inova Jovem”, organizado pela Agência de Inovação Inova Unicamp.

As estudantes do ensino médio do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), Campus Bragança Paulista, concorreram com outras 172 equipes, uma participação recorde que teve seis finalistas. A equipe venceu na categoria “Avaliação da Banca”, a principal do programa, recebendo troféus e R$ 5.000,00 em prêmio.

O objetivo do programa com dois meses de duração é fomentar o empreendedorismo como uma opção de carreira aos jovens do ensino médio regular e técnico.

Hellen Thainá Turri, Livia Rodrigues Fernandes, Raissa Cascaval Alves, Giovanna Gonçalves Mariano e Laura dos Reis de Godoy desenvolveram um serviço de aplicativo chamado “FibroFly”, que promove o bem-estar de pessoas com fibromialgia, doença crônica que atinge, principalmente, mulheres – 90% das pessoas diagnosticadas.

A síndrome é caracterizada por dor generalizada, geralmente associada a fadiga, distúrbios do sono e sintomas cognitivos. O aplicativo foi desenvolvido com parcerias de profissionais da saúde que orientaram o time na construção de conteúdo para seis pilares de promoção do bem-estar: frases motivacionais; meditação; exercícios físicos; nutrição; calendário e progresso pessoal.

A equipe foi orientada pelos professores Luciano Bernardes de Paula e Cintia Macedo de Lima, sendo que a motivação para o desenvolvimento do serviço, segundo a equipe, foi uma das mães das alunas ter fibromialgia.

“Bag Alarm” alerta sobrecarga nas mochilas

Outra equipe do IFSP, desta vez do Campus Campinas, levou o troféu e certificados do “Voto Popular”, categoria estreante no prêmio Inova Jovem. A “Bag Alarm”, composta pelos alunos Manuela Nicoliello, João Pedro Longhi e Weliny Cabral, propôs um dispositivo que calcula e alerta casos de sobrecarga de mochilas, segundo o peso de cada usuário, evitando o desenvolvimento de doenças por excesso de carga nas costas, como lordose ou hérnia de disco.

O Programa Inova Jovem

Com abrangência nacional, o programa está em sua sexta edição e já capacitou mais de 1700 alunos em inovação, construção de modelos de negócio e apresentação da ideia para investidores.

Na competição, os alunos participam, em uma primeira etapa, de um workshop de capacitação sobre inovação e aprendem a usar a metodologia Business Model Canvas (BMC) para modelar suas ideias de negócios.

A partir daí enviam seus projetos para avaliação e classificação para a fase seguinte. As equipes finalistas participam de treinamentos de pitch para a grande final, quando apresentam seus projetos para banca avaliadora e público.

Fonte: Ariquemes online.

This is a private page. To make it public, edit it and change the visibility.

[wdi_feed id=”1″]

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));