Força e fé em Deus

Sou mãe de um adolescente de 15 anos que adquiriu AIJ com 3 anos de idade. Tudo começou com uma infeção na garganta, que aparentemente ia embora e depois voltava. Depois ele começou com dores no tornozelo e no joelho, na época ele foi hospitalizado tomou muitos medicamentos e aparentemente foi embora.

A jornada é cansativa mas, a dor machuca e castiga muito mais! Força e fé em Deus. Procurar tomar os remédios com frequência e sempre com acompanhamento de um médico. Meu nome é Cinthya mãe do Kadu.

“Dor Compartilhada é Dor Diminuída”, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

É simples, preencha o formulário no link http://ow.ly/gGra50nFGJp

Doe a sua história!

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: