Fico triste com o olhar das pessoas que acham que reumatismo é bobagem

Sinto as dores da Artrite Reumatoide desde a infância, lembro de chorar muito, reclamava para minha mãe de dores nos joelhos e cotovelos. Senti essas dores até os meus 42 anos, quando apareceu a clássica rigidez nas mãos e pés, inchaço, dedos tortos com manchas vermelhas nos dedos e joelhos. Comecei o tratamento, o que é uma tortura, sempre passei mal com os remédios. Hoje só uso medicamentos injetáveis,  metrotexato e os biológicos. Essa doença não tem cura, só controle, tem altos e baixos, fico muito triste com os efeitos colaterais dos remédios, fadiga e o olhar das pessoas que acham que reumatismo é bobagem. Fica aqui meu depoimento, só quem tem a AR sabe como ficamos limitados, precisando de ajuda.

Me chamo Claudia Silva, tenho 51 anos, convivo com o diagnostico de artrite reumatoide há 9 anos, sou autonoma, moro no Rio das Ostras – RJ.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Comentários
if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: