Farmácia de Minas tem novo horário de atendimento em Juiz de Fora

A partir de segunda-feira (1º de fevereiro) o horário de atendimento aos usuários da Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora foi alterado. A partir desta data, o atendimento para a dispensação de medicamentos está ocorrendo das 8h15 às 11h30 no turno da manhã e das 13h às 16h30 de tarde. Já a montagem de processos será feita de 8h30 as 11h30 e de 13h até 15h. Para mandado judicial, o atendimento será das 8h às 13h. A medida foi implantada para que a unidade possa ser fechada durante o horário de almoço. Dessa forma, de 11h30 até 13h não haverá atendimento.

Segundo o coordenador de Gestão da Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora, Tiago Abreu, o novo esquema de funcionamento tem como objetivo organizar a escala dos atendentes, para todos almoçarem no mesmo horário e, nos demais, o local poder atender os pacientes.

A Farmácia de Minas é responsável por distribuir medicamentos de alto custo, isto é, aqueles que não podem ser entregues em postos de saúde por exigirem um cuidado maior. A instalação possui câmaras frias apropriadas, com controle automático da temperatura interna, além de um gerador de energia para caso ocorra a falta de luz. No local é armazenado todo tipo de medicamento, como para Alzheimer, Parkinson, DPOC, dor crônica, transplantados, câncer, dentre outros.

A unidade de Juiz de Fora atende, em média, de 300 a 400 pacientes por dia e está localizada na Avenida dos Andradas, 222, antigo Palácio da Saúde, na região central.

Serviço em domicílio continua

Já serviço de entrega de medicamentos em domicílio continua enquanto durar a pandemia de Covid-19. Segundo o coordenador, essa abordagem visa a proteção do paciente para que ele não precise sair de casa e se expor a riscos. “Essa política tem cerca de 1 a cada 4 pacientes da farmácia”, explica.

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Artigos Relacionados

A gente vive para a VIDA e não para a morte…

A gente ama mas não nos declaramos diariamente, a gente gosta de estar perto de quem amamos mas não os deixamos saberem disso, a...

O processo de SER mãe!

É bastante oportuno falarmos sobre a mulher mãe no dia de hoje...Inúmeras são as mães que me procuraram com depressão pós parto, angustiadas e...

Não há problema sem solução

Em 1969, comecei a sentir dores no joelho direito. Mancava e tinha dificuldades para subir escadas. Em seguida o tornozelo do pé esquerdo começou...