É criada uma série de ilustrações que mostram a diferença entre o que é dito para as pessoas que sofrem com dor crônica e o que elas entendem

Se você não tem nenhum tipo de doença crônica, com certeza tem algum parente ou amigo que enfrenta a dura luta contra dores e sintomas diariamente. Sabemos que não é nada fácil lidar com doenças assim, mas nem sempre conseguimos nos expressar do modo certo ao falar sobre o assunto.
Então, uma simples pergunta como “você está melhor?” pode ser compreendida como um “não aguento mais ouvir você falar de dores“, gerando um grande desconforto. A ilustradora Charlotte Gomez criou para o BuzzFeed uma série de ilustrações que mostram a diferença entre o que é dito para as pessoas que sofrem com dor crônica e o que elas entendem.
Claro que contexto, tom de voz e o interlocutor fazem toda a diferença para a interpretação, mas as situações ilustradas nos estimulam a ter mais cuidado com a forma que falamos sobre dor e doença. Confira:

0001000200030004000500060007000800090010

Fonte: Hypeness.com

Imagens adaptadas por: Dayane Ferreira

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
%d blogueiros gostam disto: