Notícias

Dia Nacional de Alerta para Doenças Reumáticas

No Dia Nacional de conscientização das Doenças Reumáticas a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), alerta para os sintomas das Doenças Reumáticas, que acometem cerca de 15 mIlhões de brasileiros

• São mais de 120 doenças reumáticas, que podem acometer crianças, jovens, adultos, homens e mulheres. A maioria pode ter um inicio semelhante – dor, inchaço e rigidez das articulações. Sem diagnóstico precoce e tratamento adequado, as doenças reumáticas – popularmente chamadas de reumatismos – podem levar à incapacidade física.

• As doenças reumáticas estão entre as principais causas de afastamento do trabalho ou aposentadoria precoce por doença.

Dores nas articulações frequentes (por mais de dois a três meses), que podem melhorar com o movimento e piorar com o repouso, podem ser um sinal de uma das mais de 120 doenças reumáticas que têm início semelhante, mas podem ter curso distintos e levar à incapacidade física.  Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Reumatologia, as doenças reumáticas podem acometer cerca de 15 milhões de brasileiros e são uma das principais causas de auxílio doença e afastamento do trabalho.  “É fundamental que a população seja informada que as doenças reumáticas não afetam pessoas idosas – na verdade, boa parte das chamadas doenças reumáticas podem surgir por volta dos 35-40 anos , mas a dificuldade do diagnóstico pode levar à sua progressão e incapacidade física”, alerta Dr. José Roberto Provenza, presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

As doenças reumáticas têm caráter sistêmico (afetam todo o organismo – além das juntas ) e não têm cura, mas têm tratamento.  “O diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem ser a chave para uma vida produtiva e com qualidade”, acrescenta. As doenças reumáticas mais frequentes em adultos são oesteoartrite (artrose), artrites, espondiloartrites (como espondilite anquilosante, que pode ser manifestar por uma simples dor nas costas); em crianças, é artrite idiopática juvenil.

Na presença dos sintomas persistentes, a SBR recomenda que a pessoa procure por um especialista – para mais informação, acesse  www.reumatologia.org.br, que apresenta informações sobre as principais doenças reumáticas, serviços de apoio ao paciente reumático e localizador de especialistas, em serviços privados e públicos de saúde.

Mais sobre a SBR

A Sociedade Brasileira de Reumatologia, que completa 70 anos de atividades em 2019, é uma associação civil científica, sem fins lucrativos, que tem por objetivo promover o desenvolvimento científico e da especialidade no Brasil. Hoje, conta com cerca  de 2 mil associados, distribuídos em 24 sociedades regionais estaduais e mantém assessorias e comissões científicas por áreas de especialidade, além de representações em associações médico-científicas nacionais e internacionais e junto ao Ministério da Saúde. A SBR é responsável pela certificação de especialistas em reumatologia, área médica que engloba quase 120 doenças inflamatórias crônicas. É filiada à AMB – Associação Médica Brasileira que,  em 2018, outorgou à  SBR certificado de boas práticas em gestão. Para mais informações, acesse www.reumatologia.org.br e siga suas ações, iniciativas e novidades pelo Facebook e Twitter.  

Related posts

Se Cuida SC – Movimento de Promoção à Saúde

Priscila Torres

SPR inaugura sede própria, nesta quinta

Priscila Torres

Upadacitinib: Novo medicamento oral para artrite reumatoide, usado em monoterapia melhora a qualidade de vida

Priscila Torres
Loading...