Depoimentos

Depois de muita luta chegaram a um diagnóstico

Em 2011 apareceram vários episódios de dor no corpo todo. Fui ao médico, procuraram uma razão e não descobriram nada. Encaminharam para várias especialidades. Em 2012 surgiu um abcesso na coluna na região lombar e tive que ser operada. Fiz um ano e seis de tratamento com antibiótico para tratar a infecção. Novamente me encaminharam para vários especialistas e nada. Enfim, a cada momento surgiam infecções como Tuberculose, Aspergilose, Osteomielite no externo e muitas dores que precisavam de medicamentos fortes para diminuir a dor. Em abril desse ano voltando em todos os especialistas e ao fazer exames o HBL 27 deu positivo, fator reumatoide e prova do látex positivo. Exames de imagem comprovaram me deram esses diagnósticos. Fiquei muito triste por ter um conhecimento da doença e suas consequências, e alegre por finalmente descobrirem um diagnóstico. Hoje estou tentando me adaptar com o diagnóstico, fui aposentada por invalidez e estou sem tratamento específico porque as medições usadas não foram favoráveis e estão com certo receio de iniciarem o imunobiológico anti TNF. Mas não desisti de ter uma qualidade de vida mesmo com tantos empecilhos. Precisamos aprender a viver e conviver com as limitações a cada momento, mas não devemos perder a fé em Deus e do seu cuidado para conosco, dando força e ânimo para vencermos essa luta.

Me chamo Luciana Silva Araújo Lacerda, tenho 45 anos, convivo com a artrite reumatoide há 5 anos, sou enfermeira, moro em Sobradinho – DF.

Dor Compartilhada é Dor Diminuída“, conte a sua história e entenda que ao escrever praticamos uma autoterapia e sua história pode ajudar alguém a viver melhor com a doença!

“Conte a sua História”

www.artritereumatoide.blog.br/conte-a-sua-historia/
Doe a sua história!

Artigos Relacionados

Hoje acredito que minha qualidade de vida consiste no querer viver conforme minhas limitações

Priscila Torres

Viver com artrite me fez mais forte, apesar da dificuldade de entenderem os baixos e altos da doença

Priscila Torres

Busquem uma vida mais saudável

Priscila Torres
Loading...