COVID-19: telemedicina é a nova aliada no combate ao vírus

Nesta terça, 31 de março, o Senado aprovou projeto de lei que libera o uso da telemedicina durante a pandemia de COVID-19 no país, visando desafogar hospitais e centro de saúde. O texto segue para sanção presidencial.

Nossos agradecimentos para Dr Marco Tulio Franco, da Comissão de Assuntos Políticos do CFM, pelo seu empenho com este assunto.

Veja abaixo a principais informações sobre o projeto de lei e os links para acesso todas informações sobre a tramitação no senado:

Projeto de Lei n° 696, de 2020

Autoria: Câmara dos Deputados

Iniciativa: Deputada Federal Adriana Ventura (NOVO/SP)

Nº na Câmara dos Deputados: PL 696/2020

Natureza: Norma Geral

Ementa: Dispõe sobre o uso da telemedicina durante a crise causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2).

Situação Atual em (02/04/2020): Tramitação encerrada – Aguardando sanção do Presidente

Para mais informações sobre  tramitação, acesse:  https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/141263

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

Art. 1° – Esta Lei autoriza o uso da telemedicina em quaisquer atividades da área de saúde enquanto durar a crise ocasionada pelo coronavírus (SARS-Cov-2).

Art. 2° – Durante a crise ocasionada pelo coronavírus (SARS-COV-2), fica autorizado, em caráter emergencial, o uso da telemedicina em quaisquer atividades da área de saúde.

Art. 3° – Entende-se por telemedicina, entre outros, o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde.

Art. 4° – O médico deverá informar ao paciente todas as limitações inerentes ao uso da telemedicina, tendo em vista a impossibilidade de realização de exame físico durante a consulta.

Art. 5° – A prestação de serviço de telemedicina seguirá os padrões normativos e éticos usuais do atendimento presencial, inclusive em relação à contraprestação financeira pelo serviço prestado, não cabendo ao poder público custear ou pagar por tais atividades quando não for exclusivamente serviço prestado ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Art. 6° – Competirá ao Conselho Federal de Medicina a regulamentação da telemedicina após o período consignado no art. 2° desta Lei.

Art. 7° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

CÂMARA DOS DEPUTADOS, XX de março de 2020.

RODRIGO MAIA Presidente.

Projeto

Fonte: Agência Senado e Sociedade Brasileira de Reumatologia

Priscila Torres

Priscila Torres

Jornalista, motivada pelo diagnóstico de artrite reumatoide aos 26 anos, “Patient Advocacy”, Arthritis Consumer, presidente do Grupo EncontrAR, vice-presidente do Grupar-RP, idealizadora dos Blogueiros da Saúde, eterna mobilizadora social em prol da qualidade de vida das pessoas com doenças crônicas no Brasil.

Relacionado Postagens

Próxima postagem

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 3.977 outros assinantes

Conte sua história aqui

Artrite no Youtube

Notifique efeitos colaterais

Acesse o nosso Telegram

Parceiro

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share
xfbml : true, version : 'v11.0' }); }; (function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = 'https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk/xfbml.customerchat.js'; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));