if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Como a fisioterapia ajuda na Prevenção de Artrose?

Embora a incidência de casos de artrose seja maior em pessoas idosas, a doença também pode acometer os mais jovens. Também conhecida como osteoartrose, a doença reumática degenerativa afeta as articulações sinoviais, alterando a cartilagem articular e causando rigidez articular, deformidade progressiva, dor e perda de função das partes afetadas.

É importante lembrar que, infelizmente, a doença degenerativa não tem cura. Mas boa notícia é que ela tem controle e pode ser prevenida sim!

Embora a incidência de casos de artrose seja maior em pessoas idosas, a doença também pode acometer os mais jovens. Também conhecida como osteoartrose, a doença reumática degenerativa afeta as articulações sinoviais, alterando a cartilagem articular e causando rigidez articular, deformidade progressiva, dor e perda de função das partes afetadas.

Contudo, ainda é possível fazer a prevenção da artrose e o controle de vários fatores que influenciam sua qualidade de vida – como o nível da dor ou a amplitude de movimento. Em alguns casos, consegue-se até mesmo diminuir a degeneração da articulação.

A chave para controlar esses fatores é um plano de tratamento que inclui sessões de fisioterapia, com exercícios personalizados para cada tipo de paciente, levando em conta também o grau de degeneração articular. Este artigo fala sobre como a fisioterapia pode, de fato, amenizar o desconforto de quem sofre com a osteoartrose.

Como surge a artrose?
A artrose pode surgir, basicamente, de três formas: a primeira delas é pela perda natural de cartilagem entre as articulações. A cartilagem é um tecido conjuntivo firme, mas flexível, entre articulações, que tem a função de proteger as juntas, absorvendo a pressão e o impacto criado quando nos movimentamos. Conforme a idade avança, há uma perda progressiva natural deste tecido, provocando algumas formas de artrite.

Mas não é somente a perda natural de cartilagem que gera a artrite. Uma infecção ou lesão nas articulações também podem acarretar ou apressar ainda mais o desgaste da cartilagem. E o risco de desenvolver a doença fica ainda maior quando há uma propensão genética, com casos comprovados na família.

Outra forma comum de artrite é uma desordem autoimune, no qual o sistema imunológico do seu corpo ataca os próprios tecidos do corpo. Esses ataques afetam a sinóvia – um tecido macio entre articulações – que produz fluido para alimentar a cartilagem e lubrificar as articulações.

Há maneiras de prevenir a artrose ?
É importante lembrar que, infelizmente, a doença degenerativa não tem cura. Mas boa notícia é que ela tem controle e pode ser prevenida sim! Mas cabe enfatizar que o estilo de vida do paciente influencia muito no desenvolvimento da doença; pessoas sedentárias têm mais chances de apresentar artrose conforme vão envelhecendo. Para evitar ou postergar o aparecimento da doença, o ideal é que as pessoas pratiquem exercícios físicos, e adotem algumas práticas de fisioterapia que visam fortalecer os músculos e articulações.

Como a fisioterapia age no corpo do paciente?
Por ser uma doença irreversível, o acompanhamento dos pacientes é de extrema importância, especialmente quando a artrose está mais avançada e chega a estágios de incapacitação do paciente. Neste caso, as sessões de fisioterapia são voltadas aos seguintes objetivos:

– Diminuição ou alívio da dor e das rigidez articular;

– Proteção das articulações;

– Aumento da força muscular;

– Aumento da funcionalidade;

– Redução da sensação de meralgia parestésica (queimação, dor na musculatura, sensação de choque e sensibilidade maior da pele);

– Aumento da estabilidade articular;

– Aumento da propriocepção.

O que um fisioterapeuta pode fazer por você?
Um dos principais objetivos da fisioterapia é manter ou aumentar a amplitude de movimentos do paciente, de forma que ele possa desenvolver as atividades mais corriqueiras do dia a dia com o mínimo possível de dor e de rigidez muscular.

Com a aplicação dos exercícios adequados e personalizados, o fisioterapeuta ajuda o paciente a ter os músculos que suportam uma articulação artrítica mais fortalecidos. O profissional também pode dar boas dicas ao paciente sobre sua consciência corporal. Quanto mais consciente do próprio corpo e de seus movimentos, melhor será a postura de quem apresenta a artrose, evitando submeter as articulações afetadas a um estresse ainda maior.

Equipe Physio Institute

A Physio Institute oferece tratamentos personalizados e inovadores em fisioterapia para pacientes com artrose e outros males da articulação. Além de profissionais qualificados e especializados, contamos com estrutura de ponta para atender nossos pacientes.

Fonte: http://www.segs.com.br/saude/98053-como-a-fisioterapia-ajuda-na-prevencao-de-artrose.html

Anúncios

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: