Coma fibras para aplacar a artrose

Aumentar o consumo desse nutriente aliviaria dores no joelho típicas desse problema, também conhecido como osteoartrite

Muito se fala sobre as vantagens de uma dieta rica em fibras para o funcionamento do intestino. Mas uma revisão de dois estudos publicada recentemente no periódico científico Annals of the Rheumatic Diseases surpreendeu ao exaltar a substância, encontrada em frutas, hortaliças e cereais, em casos de osteoartrite — a popular artrose.

Antes de pular para as conclusões, cabe entender um pouco melhor a tal revisão. No primeiro artigo examinado, de 4051 voluntários escolhidos, 869 tiveram sintomas de osteoartrite no joelho, como dores e rigidez, e 152 apresentaram evidências da doença em exames anuais de raio-x. Outros 1 964 relataram mais dores na região ao fim do período de análise (quatro anos), embora isso não necessariamente firme o diagnóstico de artrose.

Já no segundo, 971 participantes foram selecionados. Depois de nove anos, 143 deles sofreram com os sintomas e 175 demonstraram alterações relacionadas ao problema nos testes de imagem.

Os integrantes de ambas as turmas tinham mais de 50 anos e, em média, consumiam de 15 a 19 gramas de fibras diariamente — em geral, recomenda-se 25 gramas. Acontece que aqueles que costumavam colocar mais aveia, leguminosas, mamão e companhia no cardápio eram de 30 a 61% menos propensos a reclamar de desconfortos no joelho provocados pela osteoartrite.

Fonte: Saúde Abril

Anúncios

Comentário

comentários

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.