Com a atuação de exercícios físicos, osteoporose pode ser prevenida na juventude

Que a prática regular de atividades físicas faz bem à saúde, ninguém discute. Contudo, o que pouca gente sabe é que quem pratica esportes desde cedo tem menor chance de desenvolver osteoporose

Após os 50 anos de idade, a mobilidade se reduz como consequência da diminuição da força muscular e da fragilidade dos ossos, especialmente por causa da osteoporose.

Em pesquisa recente realizada pela FENAPCO (Federação Nacional de Combate à Osteoporose) em parceria com o Ministério da Saúde, no Brasil, ocorrem, anualmente, cerca de 2,5 milhões de fraturas em função da osteoporose, e cerca de 200 mil pessoas morrem em função dessas fraturas.

A osteoporose é uma condição metabólica na qual ocorre a diminuição progressiva de massa óssea, fazendo com que os ossos se tornem mais aerados e frágeis, tornando-se, assim, mais suscetíveis a fraturas. Como não há um tratamento eficaz para reverter os efeitos da osteoporose, a prevenção é a melhor medida contra essa doença.

Os ossos em nosso corpo estão em constante processo de renovação, de forma que as áreas envelhecidas são absorvidas e a massa óssea é renovada formando ossos novos. Naturalmente, esse processo perde seu vigor com o passar do tempo. Assim, a absorção das células envelhecidas aumenta e a de formação de novas células diminui, fazendo com que os ossos se tornem mais porosos e menos resistentes.

Enfrentando a osteoporose

Embora não haja um tratamento eficaz para reverter a osteoporose, alguns cuidados são essenciais para a preservação da saúde de pacientes com osteoporose. Como:

– A boa alimentação, que é fundamental para manter a saúde do paciente, especialmente com doses extras de cálcio por meio da ingestão de vegetais folhosos e grãos, principalmente.

– Evitar bebidas alcoólicas e o fumo, tanto por contribuírem para o desgaste dos ossos quanto por provocarem tonturas, que aumentam o risco de queda.

– A prática regular de atividades físicas pode ajudar muito na saúde dos ossos, além de melhorar o equilíbrio do corpo e aumentar a percepção espacial.

E, por falar em atividades físicas, um estudo científico apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas propôs que a prática de atividades físicas de alto impacto desde adolescência pode influenciar positivamente no fortalecimento da massa óssea, contribuindo de maneira eficaz para a prevenção da osteoporose.

Em sentido semelhante, a prescrição de fisioterapia para o paciente com osteoporose visa o fortalecimento muscular, a melhora da coordenação motora e o equilíbrio do paciente, elementos essenciais para prevenir acidentes que possam causar fraturas.

Para isso, é fundamental buscar uma clínica de fisioterapia qualificada para o tratamento específico da osteoporose, visto que o tratamento consiste em uma rotina de exercícios que o fisioterapeuta irá adaptar às necessidades individuais do paciente.

Com efeito, as sessões de fisioterapia contribuirão de forma sensível para retardar a perda da massa óssea, fortalecer a musculatura do paciente e ajudar a combater as dores que normalmente acompanham o quadro de osteoporose.

A SM Care é uma clínica de fisioterapia que conta com profissionais qualificados para desenvolver o tratamento da osteoporose, além de contar com ampla estrutura e equipamentos de última geração para proporcionar ao paciente a rotina adequada de exercícios que ajudem a manter sua mobilidade, contribuindo, assim, para uma vida com qualidade.

Fonte: Terra

This is a private page. To make it public, edit it and change the visibility.

[wdi_feed id=”1″]

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));