if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "https://connect.facebook.net/en_US/sdk.js"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

#Panlar2018 – Decisão compartilhada é fundamental para o tratamento de doenças reumáticas

Fechando a manhã do primeiro dia do Congresso de Pacientes, a autora do blog Artrite Reumatoide e presidente da ONG EncontrAR, Priscila Torres participou da mesa sobre a importância da tomada de decisões compartilhadas entre médico e paciente.

Em sua apresentação, Priscila contou um pouco de sua história e trajetória como paciente advocate. Diagnosticada aos 26 anos com artrite reumatoide, Priscila lançou blog, formou-se em jornalismo, fundou a ONG EncontrAR que ajuda e promove serviços para pacientes com doenças reumáticas e, desde então, vem lutando e conquistando melhorias para os pacientes de doenças reumáticas.

“Nós devemos enfatizar ao governo de nossos respectivos países que tratar artrite reumatoide e doenças crônicas é também algo para benefício deles. Todos nós podemos ganhar com um tratamento adequado”, destacou.

Priscila destacou que em sua experiência com AR duas palavras devem fazer parte da relação médico-paciente: educação e empoderamento. “Com estas estratégias, o paciente será mais paciente, ativo e responsável com o seu tratamento”, contou.

A médica Dra. Loreto Massardo, do Chile, reforçou que a relação deve ser próxima para que o tratamento tenha sucesso, como também destacou a importância da medicina centrada no paciente. Para isso, o médico deverá trabalhar a decisão compartilhada do tratamento com o paciente. “A decisão compartilhada é fundamental na medicina centrada no paciente”, contou.

Anúncios

Olá, participe da conversa, deixe o seu comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: