ReumaBlogs

Artrite microcristalina: Gota

As artrites microcristalinas (muitas vezes são causas frequentes de disfunção renal), são classificadas como um grupo de doenças com alterações patológicas e manifestações clínicas causadas pela disposição de cristais minerais nos tecidos musculoesqueléticos. ⠀⠀

Embora haja vários tipos de artropatias microscristalinas, hoje vamos falar da GOTA, que pode se manifestar como artrite aguda ou crônica, podendo ou não, estar associada a tofos gotosos, nefropatia com insuficiência renal e urolitíase.

A gota úrica surge com a deposição de cristais de monourato de sódio nos tecidos, devida à supersaturação em ácido úrico.

Os fatores de risco para o surgimento da gota úrica são desidratação, hipertensão arterial, hiperparatiroidismo, estados de acidose, insuficiência renal e uso de medicamentos, como diuréticos, pirazinamida, etambutol, ciclosporina A e salicilatos em doses baixas. Além disso, muitos indivíduos tem deficiência na enzima que ajuda e eliminar o ácido úrico.

A gota então ocorre porque há uma produção excessiva de ácido úrico ou uma deficiência de sua excreção, resultando na hiperuricemia.

Esse quadro pode estar associado à obesidade, diabetes, dislipidemias, ingestão de bebida alcoólica e alimentos ricos em purinas.

Os homens são mais afetados, e nas mulheres pode aparecer após a menopausa. 

As artropatias microcristalinas têm tratamento, e o diagnóstico precoce é fundamental para o controle da hiperuricemia e para a prevenção de complicações.

#REPOST @tatianakm.reumato

Related posts

Corticoides na dose certa

Priscila Torres

Você sabe o que é Arterite de Células Gigantes?

Priscila Torres

Tenha um dia “Fibro friendly”

Priscila Torres
Loading...